Sábado , Dezembro 16 2017
ÚLTIMAS
Home / RALI / Ogier continua no comando (por Ricardo Nascimento)
Ogier continua no comando (por Ricardo Nascimento)

Ogier continua no comando (por Ricardo Nascimento)

Com mais três especiais canceladas no segundo dia, o evento sueco perdeu muito do seu interesse a partir da segunda especial de hoje. Os pilotos começaram a definir as suas posições e partir de agora, pouco ou nada há a fazer em relação à classificação, quando só falta disputar uma especial amanhã – a Power Stage.
Sébastien Ogier venceu mais duas especiais, continua na liderança, mas perdeu tempo ao ser o primeiro na estrada. Amanhã, o francês terá de gerir bem a sua vantagem e não cometer qualquer erro na Power Stage, para poder chegar à vitória.

Talvez por ter uma melhor posição de partida, Hayden Paddon manteve a segunda posição e aproximou-se de Ogier, terminando o dia com mais 17,1s do que o francês.

Mads Ostberg chegou a perder momentaneamente a terceira posição, mas recuperou-a logo de seguida, para depois dizer a meio do dia que queria manter o lugar mais baixo do pódio até ao final. O norueguês já está a mais de 40s de Ogier e a 25,2s de Paddon.

Andreas Mikkelsen chegou a recuperar sexto para terceiro, mas viria a baixar para a quarta posição logo a seguir, com o seu navegador a queixar-se de algo que entrou nos olhos e depois uma nota demasiada confiante, fez com que o norueguês perdesse mais tempo com um pião.

Ott Tänak baixou para a quinta posição e depois não conseguiu atacar com os seus pneus DMACK nas condições em que se encontravam os pisos. O estónio tem um atraso de 24,1s para Mikkelsen e dificilmente, conseguirá subir alguma posição em condições normais.

Dani Sordo perdeu desde cedo, a luta que tinha com Ostberg e Tänak, depois do espanhol ter furado um pneu logo na primeira especial do dia, caindo para a sexta posição a 24,7s de Tänak.

Henning Solberg terminou o dia a 20,9s do espanhol, manteve a sétima posição, mas a luta com Craig Breen continuou durante todo o dia, estando jovem britânico a 3,6s do norueguês.

Lorenzo Bertelli optou por não partir para a estrada e Eric Camilli sofreu uma aparatosa saída de estrada, capotando com o Fiesta da M-Sport na primeira especial do dia. Com estas duas baixas, Elfyn Evans subiu para oitavo, queixou-se de algo estranho na traseira do Fiesta R5, mas continuou como líder no WRC2.

Os Skoda estiveram melhores no segundo dia, com Lappi e Tidemand a serem muito rápidos, mas foi o sueco quem se destacou mais, ao subir para décimo por troca com Teemu Suninen e terminar o dia só com mais 17,9s do que Evans.

Thierry Neuville penalizou 20s à saída do Parque de Assistência, falhou um cruzamento e partiu um amortecedor na penúltima especial, mas mesmo assim, o belga subiu para a décima quarta posição.

Kris Meeke aproveitou para testar várias soluções para um bom set-up no Citroën, provavelmente para atacar amanhã os pontos da Power Stage.

Jari-Matti Latvala furou no primeiro troço do dia, mas depois venceu três especiais, subiu para vigésimo sexto e amanhã vai tentar os três pontos na Power Stage.

dia 2

 

Scroll To Top