Sábado , Setembro 22 2018
ÚLTIMAS
Home / RALI / Ogier: “Ficarei na M-Sport se a Ford regressar”
Ogier: “Ficarei na M-Sport se a Ford regressar”

Ogier: “Ficarei na M-Sport se a Ford regressar”

 

Sébastien Ogier irá se manter na equipa M-Sport em 2018 se a Ford regressar oficialmente como equipa da fábrica ao Campeonato do Mundo de Ralis. Esta premissa já levantada pelo Campeão Mundial de Ralis logo após a sua vitória no Rallye de Monte-Carlo, foi novamente abordada pelo jornalista David Evans da Autosport britânica, com o piloto francês a não negar estar já em conversações com equipas rivais caso a marca norte-americana não levar em avante esta possibilidade.

“Estou pensando já no próximo ano e não é nenhum segredo que eu quero continuar em boas condições. Eu não digo que agora as condições não são boas, mas eu sei que a longo prazo, a M-Sport não terá os recursos necessários para continuar a puder lutar contra as equipas da fábrica. Mas, ao mesmo tempo, eu gosto de estabilidade e eu adoraria que a Ford finalmente concordasse em nos apoiar. Se a Ford regressar, acho que ficaria. Tenho que esperar e ver a maneira e em que termos, mas se eles regressarem com um apoio decente, precisamos naturalmente melhorar algumas coisas. Essa seria a minha primeira opção, mas é claro que eu já comecei a trabalhar em outras opções. Não posso aguardar por uma decisão em outubro ou novembro como no ano passado”.

Malcom Wilson está desesperado em manter sua formação de pilotos em 2017, especialmente depois que o companheiro de Ogier, Ott Tanak, ter logrado vencer na Sardenha e Elfyn Evans ter obtido a segunda posição no Rali da Argentina a 0,7 seg. do vencedor. Mas o “patrão” da M-Sport admitiu ser muito improvável manter Ogier sem uma injecção de financiamento na sua equipa: “Não nos enganemos. O objetivo é manter a nossa atual equipa para a próxima temporada. Eu posso entender de onde Sebastien veio e é por isso que estamos trabalhando ativamente para tentar que isso aconteça. A capacidade de manter a Seb na equipa pode acontecer de duas maneiras: encontrar um forte patrocinador para a equipa ou termos oficialmente a Ford novamente connosco. Se nenhuma delas acontecer, simplesmente não nos é possível o manter.” .

 

Carlos da Silva

 

Scroll To Top