Quarta-feira , Outubro 18 2017
ÚLTIMAS
Home / RALI / Ogier regressa às vitórias (por Ricardo Nascimento)
Ogier regressa às vitórias (por Ricardo Nascimento)

Ogier regressa às vitórias (por Ricardo Nascimento)

Das quatro especiais previstas para o derradeiro dia, a penúltima teve de ser cancelada devido a razões de segurança em relação ao muito público em que se encontrava no local. Em termos competitivos, as atenções centraram-se na luta pela segunda posição que só terminou no último metro do rally.
Sébastien Ogier conseguiu regressar às vitórias e dilatar mais um pouco a sua vantagem no campeonato, obtendo a sua terceira vitória na Alemanha (a segunda com a Volkswagen) no ano em que o construtor alemão comemora os seus 50 anos em competição e a dedicou a Joost Capito que está de saída da equipa.
Dani Sordo foi o melhor na luta a três pela segunda posição, apesar de Thierry Neuville ter sido o piloto mais rápido do dia, incluíndo o melhor tempo na Power Stage. A derradeira especial foi muito emotiva dentro da equipa Hyundai na luta entre os seus dois pilotos que acabaram por ficar separados por apenas 0,1s!!!
Depois de uma excelente prestação no inicio do rally, Andreas Mikkelsen foi talvês o maior derrotado do rally ao não conseguir melhor do que a quarta posição depois de ter liderado. O norueguês queixou-se de ter levado dois pneus sobressalentes e de ter tido problemas nos travões em duas especias decorridas hoje.
Hayden Paddon perdeu muito tempo no primeiro dia, mas também confessou que não conseguiria melhor do que a quinta posição sem os erros que cometeu.
Mads Ostberg limitou-se a fazer um “passeio de domingo”, sendo o pior piloto com um World Rally Car dos que não abandonaram, ficando ainda a quase 1 minuto de Paddon.
Depois de um inicio complicado, Esapekka Lappi conseguiu terminar na sétima posição, obteve a sua segunda vitória consecutiva no WRC2 e subiu à terceira posição do campeonato.
Pontus Tidemand foi segundo entre os R5, não pontuou para o WRC2, mas voltou a marcar pontos no principal campeonato com a oitava posição final.
Jan Kopecký recuperou bastante tempo, terminou em nono e em segundo no WRC2, batendo ainda Armin Kremer por 26,4s.
A luta no WRC3 ficou decidida na primeira especial do dia, quando Martin Koci fez dois piões e deixou o caminho livre para Simone Tempestini obter mais uma vitória entre os carros de duas rodas motrizes.
Latvala, Camilli e Tänak conseguiram todos terminar em rally2, com destaque para o finlandês da Volkswagen que obteve dois pontos na Power Stage.
dia 3

 

Scroll To Top