Sexta-feira , Outubro 20 2017
ÚLTIMAS
Home / RALLYCROSS / Os PEUGEOT 208 WRX em busca da terceira vitória consecutiva no Canadá
Os PEUGEOT 208 WRX em busca da terceira vitória consecutiva no Canadá

Os PEUGEOT 208 WRX em busca da terceira vitória consecutiva no Canadá

Vencedor da jornadas de 2015 e 2016 em Trois Rivières, o Team Peugeot Hansen tem os olhos postos na conquista de nova vitória naquela que será a 8ª prova do Campeonato do Mundo FIA de Ralicross 2017, a disputar no Canadá neste fim de semana (dias 5 e 6 de agosto).

 

  • Desde que terminou a anterior prova do Mundial de Ralicross 2017, em Höljes (Suécia), Sébastien Loeb esteve a lutar pela vitória no Silk Way Rally, ali ao volante do novíssimo PEUGEOT DKR Maxi. Após alguns dias de descanso, Loeb está pronto para regressar a Trois Rivières, agora aos comandos do seu habitual PEUGEOT 208 WRX 2017.

 

  • Mais recentemente, o Team Peugeot Hansen organizou uma sessão de testes bastante preenchida em Riga (Letónia), recorrendo a Timmy Hansen no desenvolvimento do PEUGEOT 208 WRX. Foram avaliados diversos melhoramentos que serão, em breve, introduzidos nos carros da equipa.

 

  • Neste intervalo de quatro semanas desde a prova sueca, a família HansenTimmy, Kevin e Kenneth – participou numa corrida de resistência organizada no âmbito dos Rencontres Peugeot Sport, em Magny-Cours (França). Aos comandos de um modelo 208 Racing Cup, a tripla adorou simplesmente esta experiência.

 

 

ECOS DO PADDOCK

 

Kenneth Hansen, Diretor da Equipa

“A pista de Trois Rivières exige velocidades máximas elevadas e estou certo de que o nosso carro é capaz de terminar no pódio, talvez mesmo no 1º lugar. O Ralicross é uma modalidade onde tudo pode acontecer, como provámos no ano passado no Canadá, quando o Timmy venceu a Final depois de arrancar do fim da grelha de partida!

 

Sébastien Loeb (piloto, PEUGEOT 208 WRX #9)

Acabei de regressar do Silk Way Rally, por isso Trois Rivières vai ser muito diferente do que tenho andado a fazer nas últimas semanas! Na época passada gostei bastante da minha deslocação ao Canadá, onde o ambiente é ótimo e a pista é diferente de todas as outras do campeonato. Contudo, os muros significam que não há muito espaço para erros, pelo que temos de ter uma condução o mais limpa e suave possível e, depois, darmos o nosso melhor na Final.

 


 

 

Timmy Hansen (piloto, PEUGEOT 208 WRX #21)

Adoro Trois Rivières. Não é um pista permanente mas os organizadores fazem um trabalho incrível para criar um evento que se traduz por um grande ambiente de corridas. As transições entre a terra e asfalto são fluidas e o salto é muito divertido, ou seja, eles conseguiram uma boa combinação. Há dois anos fui bastante competitivo mas a vitória foi para o meu colega de equipa de então. No ano passado, estava com menos andamento, mas acabei por ganhar! Mal posso esperar para ver o que a corrida deste ano me reserva.

 

Kevin Hansen (piloto, PEUGEOT 208 WRX #71)

Vai ser a minha estreia em Trois Rivières num Supercar, mas já tenho alguma experiência anterior da pista quando lá corri na classe RX Light em 2015. Desta vez vou contar com o carro que ganhou no ano passado, por isso tenciono tirar o máximo partido do seu potencial nas zonas mais técnicas do circuito. Estou ansioso por voltar a correr no Canadá, pois em 2016 não fez parte do meu programa competitivo, embora tenha feito alguns comentários para a televisão sobre a corrida dos RX2.

 

 

O CIRCUITO DE TROIS RIVIÈRES

 

  • Distância: 1,351km
  • Asfalto/terra: 59%/ 41%
  • Recorde da volta: 47,414 seg (Timerzianov)

PROGRAMA

Nota: Horas no Canadá,

+5h00 em Portugal

 

Sábado, 5 agosto

  • 09h15: Treinos Livres
  • 14h00: Qualificação 1
  • 16h30: Qualificação 2

 

Domingo, 6 agosto

  • 09h30: Qualificação 3
  • 11h15: Qualificação 4
  • 15h00: Semi-Finais e Final

 

 

 

Scroll To Top