Quinta-feira , Outubro 18 2018
ÚLTIMAS
Home / VELOCIDADE / Os portugueses nas 4h do Estoril
Os portugueses nas 4h do Estoril

Os portugueses nas 4h do Estoril

Evento promete atrair milhares às bancadas do circuito

Para gáudio dos muitos aficionados que irão marcar presença no fim-de-semana das 4 Horas do Estoril, este ano haverá pilotos portugueses em cada uma das 4 competições que terão o seu final de época no Autódromo do Estoril: Rui Águas, Filipe Barreiros, Henrique Chaves, Miguel Ramos, Miguel Faísca e Pedro Moleiro.

Começando pela prova de 4 Horas do European Le Mans Series, teremos dois nomes lusos:

– Rui Águas, ao volante do Ferrari F458 Italia nº51 da equipa AF Corse, é um dos candidatos ao triunfo na classe GTE. O piloto português nasceu em Nampula há 44 anos e tem vindo a construir uma carreira internacional de grande mérito, quase sempre ligado à Ferrari, comandando neste momento a classe GTE Am no Campeonato do Mundo de Endurance.

– Miguel Faísca mudou o rumo da sua vida aos 24 anos de idade quando adquiriu uma consola e concorreu à GT Academy Nissan Playstation de 2013, batendo quase 1 milhão de adversários virtuais na luta pelo lugar de topo. Em seguida fez diversas provas no Reino Unido e o campeonato Blaincpain Endurance Series para se estrear ao volante de um sport-protótipo LMP2 nas 4 Horas do Estoril de 2014. Este ano regressará ao volante de um outro sport-protótipo, um Ligier JS P3 da classe LMP3.

Na Michelin GT3 Le Mans Cup, para carros da classe GT3 teremos apenas:

– Filipe Barreiros , o homem forte da equipa Ferrari Portugal é um grande entusiasta de provas de Grande Turismo
Nascido há 54 anos, Barreiros construiu primeiro uma carreira profissional como empresário antes de enveredar pela competição, onde apenas começou a partir de 2010. A aposta do piloto de Cascais foi clara desde o início, tendo começado desde logo por se dedicar às provas internacionais com carros de GT e desde então, quase sempre fiel à marca do Cavallino Rampante, tem vindo a construir uma carreira internacional com excelentes resultados na classe dedicada aos “Gentleman Drivers”.

Na corrida da Renault R.S.01 Sport Trophy serão dois os representantes de Portugal:

– Miguel Ramos nasceu em Oliveira do Douro em Setembro de 1971, tendo começado a competir aos 18 anos de idade, em provas de autocross, onde conseguiu logo de seguida os dois primeiros títulos da sua carreira. Depois do autocross e do Troféu BMW, Ramos passou pelos fórmulas e até pelos Superturismos italianos, para começar a correr com os GT em 2002, ano em que foi campeão de Espanha de GT, ao volante de um Saleen S7-R. Nesse mesmo ano, conheceu a primeira de duas presenças nas 24 Horas de Le Mans, a prova com que qualquer piloto sonha participar.
Tendo vencido o campeonato GT Open de 2015 com um McLaren 650S, este ano Ramos mantém-se nessa competição europeia com um BMW M6 GT3 e ainda no muito competitivo Renault Sport RS01 Trophy, a competição monomarca com o extraordinário Renault R.S.01 de 550 cv que virá correr pela última vez ao Estoril no fim-de-semana das 4 Horas do Estoril.

– Pedro Moleiro começou a competir em Enduro antes de passar para os karts e para os Fórmula. Por essa altura iniciou uma carreira como instrutor de pilotagem complementada a partir de 2010 com uma presença assídua no Capeonato Portugês de GT, onde em 2012 foi o vice-campeão da classe GT Cup em 2012 e regressa aqui no Estoril às competições Internacionais como primeiro passo de uma nova fase da sua carreira.

Por fim, na competição para monolugares Eurocup Formula Renault 2.0 teremos o mais jovem dos pilotos portugueses com apenas 19 anos:

– Henrique Chaves vive o segundo ano de uma carreira internacional na Eurocup Formula Renault 2.0 e no Northern European Cup, depois de ter sido múltiplo campeão português de Karting.
Chaves nasceu em Torres Vedras em Março de 1997 e em pista define-se como “frio, focado e ambicioso” características que lhe valeram ser conhecido por Henrique “Iceman” Chaves.
No fim-de-semana das 4 Horas do Estoril, será o único representante nacional na prova da Eurocup Formula Renault 2.0, campeonato que representa uma porta de acesso para a Fórmula 1.
Apesar de ter apenas 19 anos, o seu extenso palmarés inclui diversos títulos de campeão de karts.
Desde o início de 2015 tem-se dedicado aos monolugares da Fórmula Renault 2.0 onde prossegue a sua aprendizagem, tendo obtido alguns resultados de relevo como o 5º posto em Red Bull Ring.
Fique a saber de tudo através do Facebook: “4 horas do estoril” ou através do site: www.elms-4hestoril.pt

 

Scroll To Top