Quarta-feira , Setembro 20 2017
ÚLTIMAS
Home / RALI / PAULO BOAVENTURA COM SENSAÇÃO DE DEVER CUMPRIDO NO RALI DE CASA
PAULO BOAVENTURA COM SENSAÇÃO DE DEVER CUMPRIDO NO RALI DE CASA

PAULO BOAVENTURA COM SENSAÇÃO DE DEVER CUMPRIDO NO RALI DE CASA

 

No passado fim-de-semana decorreu a 3.ª edição do Rali de Viana do Castelo e nela participaram Paulo Boaventura e Ricardo Faria, formando pela primeira equipa aos comandos de um Peugeot 206 GTI.

 

A prova de abertura foi a já tradicional Super-Especial junto ao navio Gil Eanes onde a dupla com o número 21 conseguiu o 4.º melhor tempo entre as viaturas de 2RM Promoção.

No dia seguinte, e com condições climatéricas incertas, Paulo Boaventura e Ricardo Faria decidiram não arriscar e partiram para as 4 classificativas que compunham a primeira secção com pneus mais adequados a piso molhado. Na primeira passagem por S. Salvador da Torre – Amonde, a táctica resultou em pleno. No entanto, com as melhorias do estado da meteorologia, o traçado começou a secar e, a opção dos pneumáticos passou a ser ineficaz e a condicionar o andamento do Peugeot. Mesmo assim a dupla foi melhorando os seus próprios registos nas segundas passagens devido a um ritmo cada vez mais forte.

Para a segunda secção a escolha de pneus foi ajustada e nas últimas passagens pelas classificativas de S. Salvador da Torre – Amonde e Montaria – Gondar, Paulo Boaventura e Ricardo Faria conseguiam ser ainda mais rápidos, melhorando todas as suas prestações anteriores. A última especial, a passagem pela Super-Especial de Viana do Castelo 2, foi efectuada com um andamento forte perante uma multidão que aderiu em massa à chamada do Clube Automóvel de Santo Tirso e da Câmara Municipal de Viana do Castelo.

No final o relógio ditou que Paulo Boaventura e Ricardo Faria ascenderiam ao 2.º Lugar na Classe II (viaturas até 1600cc), 3.º Lugar nas 2RM Promoção e 11.º lugar da Classificação Geral.

Paulo Boaventura sai de Viana do Castelo com o sentimento de dever cumprido uma vez que “era muito difícil conseguirmos ascender a um lugar mais alto na classificação devido à forte lista de inscritos”. Por outro lado, “o principal objectivo era rodar o máximo de quilómetros possível juntos para desta conseguir ganhar ritmo de competição, por isso o resultado é satisfatório para toda a equipa.” De referir ainda que “esta participação não teria sido possível sem o apoio das entidades Boaventura & Boaventura, Intermarché Super Âncora Areosa, Alumineiva, Mario Sá Arquitectos, GIC, Batista Monteiro, Kuase Novo, Salto Raso, Cosmikwizard, Associação Desportiva de Barroselas, Ideografismo; um carro fiável preparado e assistido pela Matos Competições e sem o apoio de todos os nossos amigos ao longo de toda a prova.”

 

 

Scroll To Top