Segunda-feira , Maio 21 2018
ÚLTIMAS
Home / MOTOS / Pedro Bianchi Prata participará no Dakar 2016
Pedro Bianchi Prata participará no Dakar 2016

Pedro Bianchi Prata participará no Dakar 2016

A edição de 2016 do Dakar terá mais de 9000 km, com aproximadamente 4500 em luta contra o cronómetro. Ao contrário do que tem acontecido até aqui, a prova irá passar somente por dois países, Argentina e Bolívia, pois o Chile e o Peru renunciaram em acolher a competição por motivos de força maior.
À partida estarão menos concorrentes em comparação com o ano passado, 354, dos quais 143 em motos, 110 em autos, 55 nos camiões e 46 nos quads. Ao todo 60 nacionalidades estarão representadas na prova, sendo que o Lesoto irá fazer a sua estreia na grande maratona sul-americana.
Os concorrentes irão enfrentar 13 etapas, com o início a ter lugar no dia 31 de dezembro com as habituais verificações técnicas e administrativas, que vão continuar até ao primeiro dia de 2016. A prova terá início no dia 2 de janeiro em Buenos Aires, capital da Argentina. Logo nesse dia existirá um prólogo com a extensão de 11 km e que irá determinar a ordem de saída do dia seguinte. A primeira etapa ligará a cidade de Rosário a Villa Carlos Paz. Nesse dia as motos e quads terão pela frente 227 km.

Bianchi Prata Dunas (3)

O piloto da Honda vai participar na prova mais dura do mundo aos comandos de uma Honda CRF450R com um KIT Rally, desenvolvido pelo mesmo e fabricado totalmente em portugal, como explica Pedro Bianchi Prata. “ Estou muito contente por ter conseguido juntar as condições para estar á partida deste Dakar, este KIT temos vindo a desenvolver e testar durante todo o ano. A base do KIT é uma CRF450R de serie que em pouco mais de 1 dia de trabalho se transforma numa moto de Rally pronta para qualquer Rally no mundo. Toda a base do KIT, depósitos, carnagens, instalação elétrica, etc. é fabricado em Portugal por empresas nacionais e o resultado final é espetacular, não temos uma moto com muita velocidade de ponta, mas temos uma moto muito leve e excelente para zonas técnicas e difíceis.”

Depois de em 2015 ter estado presente no Dakar só como Team Manager, o piloto do Marco de Canavezes (Livração) volta á prova mais mediática do mundo pela oitava vez como piloto e com uma motivação acrescida. “ Não foi fácil reunir as condições para este projeto, mas felizmente temos todas as condições para fazer um bom Dakar. Claro que o objetivo principal é levar a CRF ao final e mostrar a fiabilidade do nosso KIT, mas quero melhorar o meu resultado pessoal e vou lutar por um lugar no top 25.”

CRF450R Rally by Bianchi Prata (3)

Embora no dia 21 de Novembro todo o material já tenha sido enviado para a Argentina, por barco, testes e desenvolvimento do KIT continuam a ser feitos enquanto o piloto da Honda se prepara para o Dakar. “Tem sido umas últimas semanas de muito treino e temos aproveitado para testar varias coisas na moto, para aumentar a sua performance e fiabilidade, tenho treinado muito em Espanha em circuitos de motocross, a parte de preparação física tem sido importantíssima para me sentir cada vez mais confiante em cima da moto.”

Este projeto foi viabilizado por entrada de novos patrocinadores na equipa, nacionais e internacionais que acreditaram no dinamismo e trabalho da equipa liderada por Pedro Bianchi Prata “ foram meses de muito trabalho para conseguir fechar esta participação, temos muitas novidades que no dia da apresentação da equipa vamos revelar tudo, estou muito contente, pois nos tempos difíceis que atravessa o nosso pais já começamos a ver luz no fundo do túnel.”

A equipa Bianchi Prata, terá o apoio logístico de um camião 6×6, para transportar todas as peças e equipamentos necessários para a assistência e um 4×4 de assistência para o transporte do mecânico. “Montamos um projeto em que não falta nada, mas com o máximo de contenção de custos, vamos utilizar um camião 6×6 em conjunto com outros pilotos e o mecânico Marco Reis, irá ser transportado num 4×4 para cada dia chegar o mais cedo possível ao acampamento. Sinto que será um bom dakar e que me posso concentrar 100% na minha prova e tenho a certeza que cada dia o Marco irá por a moto nova para o dia seguinte.”

20151010_111048_018

Aos 41 anos Pedro Bianchi Prata participará no Dakar pela oitava vez como piloto e decima primeira como Team Manager da equipa, sendo dos pilotos portugueses, no ativo, com mais experiencia, fazendo em 2016 vinte e cinco anos de carreira.” Vai ser um Dakar memorável, pois inicio 25º ano da minha carreira, sinto que com todos os estes anos de carreira estou bem preparado para conseguir os meus objetivos e fazer um bom Rally. Tenho de agradecer a todos os patrocinadores que acreditaram neste projeto e alguns que já estão connosco há mais de 20 anos, alguns são novos e espero que fiquem connosco pelo menos por mais 20. Não posso esquecer de agradecer também á minha família toda, em especial aos meus pais que desde o primeiro momento estiveram ao meu lado, aos meus amigos, a todos os meus colaboradores que ao longo destes anos e no dia á dia dão tudo pela empresa e pela equipa e á minha namora a Laia pela ajuda e motivação para fazer mais e melhor. Obrigado!!!”

No dia 28 de Dezembro a equipa voará rumo a Buenos Aires – Argentina, onde fará os últimos acertos na moto e preparará tudo para o início da prova mais dura do mundo.

Programa da prova:
31/12 e 01/01: Verificações Técnicas e Administrativas
02/01: Cerimónia de partida em Buenos Aires/Prólogo
03/01: Rosário – Villa Carlos Paz
04/01: Villa Carlos Paz – Termas de Río Hondo
05/01: Termas de Río Hondo – Jujuy
06/01: Jujuy – Jujuy
07/01: Jujuy – Uyuni
08/01: Uyuni – Uyuni
09/01: Uyuni – Salta
10/01: Dia de descanso em Salta
11/01: Salta – Belén
12/01: Belén – Belén
13/01: Belén – La Rioja
14/01: La Rioja – San Juan
15/01: San Juan – Villa Carlos Paz
16/01: Villa Carlos Paz – Rosário

No dia 23 de Dezembro será feita a apresentação da equipa e revelados os novos patrocinadores para 2016.

 

Scroll To Top