Quinta-feira , Junho 21 2018
ÚLTIMAS
Home / TODO-O-TERRENO / Pedro Dias da Silva e José Janela dominam primeiro dia em Reguengos de Monsaraz
Pedro Dias da Silva e José Janela dominam primeiro dia em Reguengos de Monsaraz

Pedro Dias da Silva e José Janela dominam primeiro dia em Reguengos de Monsaraz

 

 

Teve início esta manhã a edição de 2017 da Baja TT Capital dos Vinhos de Portugal, segunda prova do Campeonato Nacionald de TT e primeira pontuável para o Desafio Total Mazda, que cumpre este ano a sua 10ª edição.

Com sete concorrentes à partida, a competição levada a cabo pela Mazda Motor de Portugal e pela Total arrancou de forma auspiciosa com o Prólogo, disputado nos terrenos anexos à histórica vila de Monsaraz e tendo com pano de fundo a Barragem de Alquêva. Neste primeiro embate todos os sinais apontavam para a liderança da dupla Pedro Dias da Silva/José Janela, aos comandos de um novo Mazda Proto que o piloto de Tomar conseguiu colocar, logo no Prólogo, no 10º lugar à geral, e liderando o Desafio com 17,2 segundos de vantagem sobre Bruno Oliveira/Paulo Marques.

Pois o avanço conseguido neste primeiro teste matinal acabou por ser dilatado no Sector Selectivo da tarde. O ex-Campeão Nacional de Ralis de Grupo N foi sempre o mais lesto entre os concorrentes ao Desafio Total Mazda e terminou o dia com o tempo total de 2h06m51s, garantiu o oitavo lugar à geral e gastou menos 11m42 segundos que Bruno Oliveira/Paulo Marques para cumprir os 141,07 quilómetros do Sector, que as equipas voltam a percorrer amanhã pela manhã.

No final do percurso Pedro Dias da Silva estava num misto de sentimentos: “O oitavo lugar e a liderança do Desafio é excelente. Foi um dia positivo, mas ainda há 140 quilómetros para cumprir. Espero conseguir manter um bom ritmo amanhã”

Quanto a Bruno Oliveira, segundo melhor do Desafio Total Mazda ao cabo deste primeiro dia, esclarecia à chegada a Reguengos de Monsaraz que “foi uma prova calma. Não cometemos erros, o carro esteve impecável e conseguimos divertir-nos. Está tudo pronto para a etapa de amanhã…”

Por seu turno, Francisco Gil/Filipe Rasteiro, terceiros melhores do Desafio, tiveram um dia bem mais difícil. “passei o dia preocupado em, simplesmente, conseguir guiar o carro. O habitáculo é muito pequeno para mim, vou encolhido, e mal consigo mexer as pernas. Foi muito duro.”

Bruno Rodrigues foi quarto ao cabo deste primeiro dia, e, apesar de não ter enfrentado dificuldades de maior, não se revelou particularmente satisfeito com a sua performance. Quanto a Floriano Roxo, teve um percalço ainda na fase incial da prova quando o seu carro capotou após o pneu da frente direito se ter solto da roda. Tudo se resolveu e o piloto alentejano prosseguiu a prova, terminando o dia no quinto posto. Um problema eléctrico reteve a dupla Pedro Salgueiro/Luis Ribeiro durante mais de 30 minutos na pista, mas com alguma bricolage e muita vontade, piloto e navegador lograram chegar ao final do sector.

Menos afortunada foi a estreia de Nuno Tordo/António Serrão no Desafio Total Mazda que viram a sua prova terminar prematuramente devido a um problema de transmissão.

Para amanhã, a Secção de Motorismo da Sociedade Artística Reguenguense reservou nova passagem pelo Sector Selectivo já cumprido hoje, o que significa que as equipas terão pela frente um último dia com pouco mais de 140 quilómetros ao crónometro, estando o arranque agendado para as 11h45.

Classificação (após a 1ª Etapa)
1º Pedro Dias da Silva/José Janela (Mazda Proto), 2h06m51,03s
2º Bruno Oliveira/Paulo Marques (Mazda Proto), a 11m42,12s
3º Francisco Gil/Filipe Rasteiro (Mazda Proto), a 16m28,82s
4º Bruno Rodrigues/Ricardo Claro (Mazda Proto), a 21m19,78s
5º Floriano Roxo/Nuno Roxo (Mazda Proto), a 53m13,93s
6º Pedro Salgueiro/Luis Ribeiro (Mazda Proto), a 1h22m37,36s

 

Scroll To Top