Sábado , Outubro 21 2017
ÚLTIMAS
Home / MONTANHA / Pedro Salvador realça a época positiva de 2017
Pedro Salvador realça a época positiva de 2017

Pedro Salvador realça a época positiva de 2017

Pedro Salvador fechou a época com o vice-Campeonato Nacional de Montanha, depois de uma época marcada por problemas mecânicos, em que apesar de não ter atingido o título, fecha o ano desportivo com um balanço positivo.

“O objectivo principal que tínhamos para 2017, passava pela a missão difícil de evoluir um carro novo, o Silver Car EF10 e, portanto, o balanço do trabalho desenvolvido entre a minha equipa técnica da Speedy Motorsport e a Silver Car, no que diz respeito à competitividade do carro foi conseguido com sucesso. A fiabilidade acabou por ser o tema decisivo e impeditivo de alcançarmos melhores resultados, mas apesar de não termos alcançado o título não deixo de fazer um balanço positivo pelas vitórias alcançadas, pelo retorno conseguido para todos os meus parceiros em que a espectacularidade e rapidez do carro foram essenciais. Por isso, mesmo sem ter revalidado o título, o balanço da época é francamente positivo.”

Para o resultado final, as classificações de três provas foram decisivas. No fundo da média das duas melhores e da pior se fez o resultado de 2017.

“Positivamente, destaco as duas únicas provas em que não tivemos problemas técnicos: Murça e Boticas. Nestas realço a sensação fantástica, o desafio de guiar o EF10. É um carro desafiante de guiar no limite e a adrenalina que provoca é inigualável. Pela negativa, destaco a Serra da Estrela, em que apesar dos problemas de motor que tivemos, poderíamos ter alcançado a vitória, o que acabou por não acontecer devido à quebra do diferencial.”

O Campeonato Nacional de Montanha tem sido “a praia” de Pedro Salvador ao longo de anos e por isso analisa-o como ninguém.

“Relativamente ao panorama da Montanha, vejo um Campeonato saudável, com uma média de inscritos acima de outros Campeonatos, penso que não estou em erro acerca desta informação. É competitivo em algumas das categorias presentes, com organizações a evoluir de ano para ano, bom retorno mediático e muitos espectadores presentes na grande maioria das provas. Penso que o Campeonato tem vindo a evoluir no bom sentido e que houve bom trabalho desenvolvido nos anos passados.”

“Obviamente que nem tudo é perfeito e deveriam existir algumas alterações a nível regulamentar. No caso da nossa categoria 1, penso que o rumo seguido dos E2-SC não terá sido a melhor escolha. Apesar de ter a noção que a nível de espectacularidade é superior, passamos para carros com um valor muito elevado, com um tipo de condução mais exigente e maior manutenção. A probabilidade de a curto prazo termos um carro a vencer provas sem qualquer concorrente do mesmo nível é alta e isso não será benéfico para o Campeonato.”

A época de 2017 terminou e certamente que já prepara a próxima, a época de 2018.

“Estou a trabalhar para a próxima época, claro. O objectivo passa naturalmente por lutar pela vitória seja em que competição for, mas para já prefiro não divulgar ainda quais as possibilidades que temos para 2018.”

Fica a promessa para 2018 de que Pedro Salvador e a Speedy Motorsport vão regressar e, como é hábito, vão ter a vitória na mira. A concorrência que se prepare, seja lá em que competição for.

 

Scroll To Top