Sábado , Outubro 21 2017
ÚLTIMAS
Home / MONTANHA / Pilotos portugueses em excelente plano na espanhola Subida a Arona
Pilotos portugueses em excelente plano na espanhola Subida a Arona

Pilotos portugueses em excelente plano na espanhola Subida a Arona

 

 

José Correia, Manuel Correia e Joaquim Teixeira representaram as cores de Portugal na 15ª edição da Subida a Arona – La Escalona, disputada na região de Tenerife, nas ilhas Canárias. O pilotos lusos foram dos mais rápidos da sua categoria e ainda receberam o apoio da afición.

A Subida a Arona atraiu milhares de espectadores à rampa disputada na zona sul de Tenerife, num evento que se prepara para regressar ao calendário do Campeonato de Espanha de Montanha em 2018. A organização, a cargo da Escuderia Zapatera, convidou três pilotos portugueses para abrilhantarem o evento, numa lista de inscritos que contava com mais de oito dezenas de viaturas.

José Correia (Nissan Nismo GT-R GT3), Manuel Correia (Ford Fiesta R5+) e Joaquim Teixeira (Renault Mégane Trophy) estrearam-se na rampa espanhola e estiveram à altura do desafio. José Correia levou o Nissan à vitória na Categoria 2, que em Espanha é destinada aos carros “carroçados” (todos os que não são barchettas), Manuel Correia foi o 3º classificado da categoria com o Ford Fiesta R5+, enquanto Joaquim Teixeira fechou o top 5, ao volante do Renault Mégane Trophy.

“Foi uma excelente experiência”, afirmou José Correia no final. “Aprender uma rampa completamente nova para nós obriga-nos sempre a evoluir. Tivemos de fazer um reconhecimento mais profundo do traçado mas acho que nos adaptámos bem. Fomos os mais rápidos da categoria desde os treinos e conseguimos um tempo interessante nas duas subidas de prova. Mas acima de tudo gostei muito do espírito de camaradagem entre todos os pilotos e do apoio do público, que nos pedia para pararmos em todas as descidas para tirarem fotos comigo e com o carro. Gostei muito da prova”, concluiu José Correia, que esta época se sagrou campeão nacional da Categoria 2/GT.

“Fomos ao pódio da categoria e penso que estivemos muito bem para quem nunca tinha corrido aqui”, apontou Manuel Correia. “Esta rampa é muito bonita, com uma primeira parte muito rápida e depois uma zona mais técnica. Tivemos mais de 80 carros inscritos e fiquei sobretudo impressionado com o público, que apoia muito os pilotos, independentemente do carro ou nacionalidade. Já nos convidaram para virmos cá outra vez para o ano e acho que esta rampa é, de facto, uma experiência a repetir. Quero agradecer a todo o público, à minha família e também a um grupo de amigos que vieram de Portugal propositadamente para nos apoiar. Foi um fim de semana excelente a todos os níveis”, concluiu o piloto do Fiesta R5+, bicampeão nacional da Categoria 4 e vice-campeão de Turismos.

“Com um pouco de sorte acho que poderíamos ter conseguido os três primeiros lugares da categoria”, analisou Joaquim Teixeira, que em 2017 foi campeão nacional de Turismos no CNM. “Fiz um pião na primeira das duas subidas de prova e depois tive de ser mais cauteloso na derradeira subida. Fui 5º da categoria mas poderia ter sido ainda melhor. Penso que todos os portugueses gostaram muito do contacto com o público e os próprios pilotos aplaudiam-nos quando chegávamos à assistência. Acima de tudo, acho que dignificámos a imagem de Portugal e do nosso campeonato”.

 

Scroll To Top