Quarta-feira , Abril 25 2018
ÚLTIMAS
Home / MOTOS / Pó atrasa Paulo Gonçalves no arranque do Rali de Marrocos
Pó atrasa Paulo Gonçalves no arranque do Rali de Marrocos

Pó atrasa Paulo Gonçalves no arranque do Rali de Marrocos

 

Piloto português partiu fora do “Top 10” e ainda conseguiu terminar a primeira etapa da prova marroquina com o sexto melhor tempo.

Paulo Gonçalves começou hoje a última prova do Campeonato do Mundo de Ralis Todo-o-Terreno, o Rali de Marrocos, tendo terminado a primeira de cinco etapas com o sexto melhor tempo num dia liderado pela equipa oficial Honda.

A primeira etapa do Rali OiLibya Marrocos “desenhou-se” em redor de Zagora com uma primeira ligação de 133 quilómetros e depois mais de 300 percorridos ao cronómetro. Partindo da 18.ª posição da tabela, Paulo Gonçalves teve pela frente a dura tarefa de superar os adversários que saíram na sua frente, principalmente pela forte abundância de pó ao longo da tirada. No final, o piloto português conseguiu ascender ao 6.º melhor tempo na etapa, gastando mais 6min03s que o tempo total de 3h36min45s gasto pelo seu colega de equipa, o espanhol Joan Barreda, vencedor da primeira etapa da prova.

“Hoje foi um dia longo e difícil na abertura do Rali de Marrocos mas que no final me deixou muito satisfeito. Parti muito de trás e perdi muito tempo para tentar ultrapassar os pilotos que saíram à minha frente, andando mais de 60 quilómetros no seu pó. Depois, já com menos perigo, consegui ultrapassar alguns pilotos e aproximar-me mais da frente da corrida. A Honda entrou a vencer com o Joan Barreda e a nossa mota está a funcionar perfeitamente, é esse o objetivo com que aqui estamos tendo em conta a escolha dos settings para o Dakar 2016”, referiu Paulo Gonçalves.

Amanhã decorre a segunda etapa do Rali de Marrocos com uma ligação na ordem dos 141 quilómetros e uma “especial” cronometrada de 224 sobre a zona de Drâa, um dia intenso ao nível de navegação sobre as difíceis dunas de areia.~

 

Scroll To Top