Quinta-feira , Novembro 15 2018
ÚLTIMAS
Home / TODO-O-TERRENO / Portalegre marca o regresso do “campeão” de 1992 e 1993
Portalegre marca o regresso do “campeão” de 1992 e 1993

Portalegre marca o regresso do “campeão” de 1992 e 1993

Luís Dias está de volta ao Todo-o-Terreno e, mais uma vez, na Baja Portalegre 500. O piloto que venceu o Troféu Nacional de TT em 1992 e em 1993 (a competição passaria a campeonato em 1994) não resistiu ao desafio do seu co-piloto e de mais alguns amigos e regressa às corridas.

Depois de ter competido pela última vez em 2010, quando pilotou, a convite da SADEV, um buggy construído pelo preparador francês feito para o Dakar, Luís Dias parou e só quatro anos depois decidiu tirar o pó da sua Nissan Pick-up e regressar às lides na Baja Portalegre 500.

“Apeteceu-me matar saudades. Estive bastante tempo sem competição. Tenho um carro em casa. Sei que não é competitivo face aos padrões actuais, mas é bastante divertido. O meu navegador, o Mário Feio, e uns amigos, começaram a desafiar-me e decidiu participar”, começou por explicar o piloto.

Para competir na Baja Portalegre 500, Luís Dias preparou o carro e vai contar com uma pequena estrutura formada por alguns elementos que trabalharam consigo no passado e mais alguns amigos. “Quando fazemos algo deste género, queremos sempre competir, mas há uma forte componente lúdica e de entretenimento”, disse Luís Dias.

A Nissan Pick-up com que o vencedor do Troféu Nacional de Todo-o-Terreno de 1992 e 1993 vai correr utiliza um motor 3.5 a gasolina que debita 280 cv e tem uma caixa sequencial SADEV. A ligação de Luís Dias à Baja Portalegre 500 começou praticamente no início da prova, em 1989. Desde então, já marcou presença na clássica alentejana por 17 ocasiões e em 2014, atinge a maioridade com 18 participações.

 

Scroll To Top