Domingo , Julho 23 2017
ÚLTIMAS
Home / MOTOS / Primeiro triunfo absoluto para Diogo Ventura
Primeiro triunfo absoluto para Diogo Ventura

Primeiro triunfo absoluto para Diogo Ventura

 

Diogo Ventura foi à Lousã conquistar a sua primeira vitória absoluta em provas do Campeonato Nacional de Enduro, numa jornada que teve mais de duzentos pilotos em acção. Ventura bateu por 31 segundos o espanhol Lorenzo Santolino, enquanto o guia do Campeonato, Luís Oliveira, completou o pódio.

Na próxima semana Diogo Ventura completa 22 anos de idade e assim teve uma prenda antecipada na Lousã. Já com dois títulos à classe no currículo endurístico (mais um em Motocross), e também a disputar o “Mundial” da especialidade, o piloto de Góis saboreou agora o seu primeiro triunfo absoluto. Objectivo alcançado com mestria, pois Ventura liderou desde princípio até final.

“Há muito tempo que trabalho para ganhar e sinto capacidades para tal,” afirmou Ventura. “Aconteceu agora, mas o êxito é de toda a equipa. Estou muito contente e pronto para continuar a lutar pelo Campeonato.”

Tal como na jornada anterior do Campeonato, também na Lousã competiram mais de duzentos pilotos – no caso, 211. Com o calor a apertar, o extenso pelotão enfrentou um percurso de 40 Km, em quatro voltas para os participantes nas classes Elite e Open, com três troços cronometrados em cada passagem.

Diogo Ventura entrou de rompante, foi o mais rápido nas três “especiais” da primeira volta e a meio da prova tinha 35 segundos sobre o perseguidor imediato. Vantagem que geriu bem na segunda metade, para vencer à “geral” – e na classe Elite 2 – com 31s de avanço sobre o espanhol Lorenzo Santolino. Este foi o melhor da classe Elite 1 e apesar de uma queda, na segunda parte da prova ultrapassou o guia do Campeonato, Luís Oliveira.

Em termos absolutos, Diogo Ventura foi o mais rápido em cinco dos doze troços cronometrados, seguido dos espanhóis Lorenzo Santolino, Jonathan Barragan (três cada) e Eloi Salsench na restante “especial”. Barragan foi o 4.º classificado, batendo por 1,5s Gonçalo Reis. Joaquim Rodrigues ficou em 7.º, mas devido a quedas em duas “especiais” perdeu quase 45 segundos para os mais velozes.

Na classe Open, João Lourenço também foi o único comandante ao longo da prova. A meio tinha 27 segundos de vantagem sobre Diogo Vieira, diferença ampliada até final para 39 segundos, enquanto Diogo Valença foi 3.º colocado. Face à ausência por lesão de João Vivas – vitorioso nas duas jornadas anteriores – Diogo Vieira ascendeu à liderança do Campeonato Open, enquanto João Lourenço, que falhou a primeira prova, é já 3.º na tabela.

Na categoria Verdes, após animado confronto o vencedor absoluto (e da classe 1) foi André Martins, com 2,4s sobre Sérgio Padilha e 7,5 face a André Mouta. Em 4.º ficou o melhor da classe 2, Elias Rodrigues, e apenas em 13.º da “geral” Verdes o ganhador da classe 3, Miguel Costa.

Entre os Veteranos, António Oliveira obteve expressivo êxito, ao deixar a 48 segundos o 2.º classificado, Nuno Freitas. Nas restantes classes os vencedores foram João Saraiva (Super Veteranos), Rita Vieira (Senhoras) e Tomás Clemente (Enduro Cup).

Agora, o “Nacional” de Enduro segue a 24 de Maio na Figueira da Foz, onde completará a sua primeira metade.

ELITE

OPEN

1.º Diogo Ventura Gas Gas 52m26,38s 1.º João Lourenço Kawasaki 56m34,85s
2.º Lorenzo Santolino Sherco a  31,15 2.º Diogo Vieira Honda a  39,30
3.º Luís Oliveira Yamaha a  50,40 3.º Diogo Valença Beta a  1.42.06
4.º Jonathan Barragan Gas Gas a  1.04,19 4.º Carlos Pedrosa Yamaha a  2.59,80
5.º Gonçalo Reis KTM a  1.05,71 5.º Luís Portela Morais Husqvarna a  3.03,46
6.º Eloi Salsench Beta a  1.29,36 6.º Joel Paiva Husqvarna a  3.20,83
7.º Joaquim Rodrigues KTM a  1.34,86 7.º David Megre KTM a  3.42,15
8.º Fernando Ferreira Yamaha a  3.52,29 8.º José Pimenta KTM a  5.27,14

 

Elite 1: 1.º Lorenzo Santolino, 52m57,54s; 2.º Joaquim Rodrigues, a 19,24; 3.º Luís Oliveira, a 1.03,70; 4.º Fernando Ferreira, a 3.21,13; 5.º Fábio Pereira (Yamaha) a 5.04,96. Elite 2: 1.º Diogo Ventura, 52m26,38s; 2.º Jonathan Barragan, a 1.04,19s; 3.º Gonçalo Reis, a 1.05,71; 4.º Eloi Salsench, a 1.29,36; 5.º Mário Patrão (KTM) a 5.06,79; 4.º Bruno Santos (KTM) a 5.36,14.

 

ASSIM VAI O CAMPEONATO…

ELITE

OPEN

1.º

2.º

3.º

4.º

5.º

6.º

Luís Oliveira

Diogo Ventura

Gonçalo Reis

Joaquim Rodrigues

Fernando Ferreira

Jonathan Barragan

Yamaha

Gas Gas

KTM

KTM

Yamaha

Gas Gas

55

52

37

35

28

24

1.º

2.º

3.º

4.º

5.º

6.º

Diogo Vieira

João Vivas

João Lourenço

David Megre

Diogo Valença

Carlos Pedrosa

Honda

Suzuki

Kawasaki

KTM

Beta

Yamaha

41

40

35

35

34

31

 

ELITE 1

ELITE 2

1.º

2.º

3.º

4.º

5.º

6.º

Luís Oliveira

Joaquim Rodrigues

Fernando Ferreira

Lorenzo Santolino

Hélder Rodrigues

Romulo Bottrel

Yamaha

KTM

Yamaha

Sherco

Honda

Honda

57

49

43

20

13

13

1.º

2.º

3.º

4.º

5.º

6.º

Diogo Ventura

Gonçalo Reis

Bruno Santos

Jonathan Barragan

Luís Correia

Eloi Salsench

Gas Gas

KTM

KTM

Gas Gas

Beta

Beta

57

47

36

32

20

13

 

 

Photo: João da Franca

 

 

Scroll To Top