Sábado , Outubro 20 2018
ÚLTIMAS
Home / VELOCIDADE / Promotor impede Ricardo Megre de competir
Promotor impede Ricardo Megre de competir

Promotor impede Ricardo Megre de competir

Piloto da Megre Motorsport/Pneuvita não entende a decisão

Ricardo Megre, o piloto e responsável da equipa Megre Motorsport/Pneuvita foi impedido de se inscrever em mais uma jornada do Super 7 by KIA competição na qual, luta pela liderança, aos comandos de um Caterham Seven e na qual já por quatro vezes se sagrou campeão.

Com o espírito sempre muito competitivo que o caracteriza, Ricardo Megre tem sido muito crítico sobre a gestão desportiva e técnica do Super 7 by KIA, apontando-lhe diversas falhas, mas a justificação para esta inesperada e inconcebível tomada de posição do promotor tem, segundo o piloto, outros contornos para além das críticas por ele apontadas:

”Exigiu-me que me retratasse com conhecimento à Comissão executiva do troféu, fazendo um pedido de desculpas ao diretor de prova da última corrida disputada no Algarve e a um piloto do Super 7 by KIA por uma situação que ocorreu no ano passado, sob pena de não aceitar mais a minha inscrição em nenhuma prova”, salienta Ricardo Megre que acrescenta:

“Em relação ao que se passou no Algarve é o próprio diretor a dizer-me, que não houve qualquer motivo para uma atitude dessa natureza, entendendo como um desabafo, o diálogo havido comigo no intervalo de duas corridas. Confirmou-me também que não encarou o mesmo como nenhum desacato ou insulto pessoal a si próprio. Já a outra situação é do foro pessoal e continuo a entender que a razão está comigo, no sentido em que o promotor do troféu não deveria interferir, muito menos obrigar-me a pedir desculpa por escrito com conhecimento da Comissão executiva do troféu, avisando que não me iria inscrever em mais prova nenhuma do Super 7 by KIA”.

Ricardo Megre refere ainda que “nunca fui alvo de qualquer penalização ou processo desportivo/disciplinar desde 1994 altura em que me iniciei nos Kartings. Desde o meu regresso em 2010, defendi e promovi publicamente o troféu Super 7 by KIA, afirmando por inúmeras vezes que é o troféu mais divertido e competitivo em que alguma vez participei”. E conclui Ricardo Megre:

“Ser acusado pelo promotor de não ter o espírito “Club Racing” do troféu, por criticar as várias falhas técnicas que tenho constatado nestes últimos anos, e por último, de só me interessar em ganhar o troféu, deixam-me bastante desiludido… Sempre gostei dos troféus mono marca pela sua igualdade técnica entre todos os participantes, e sempre corri com o objetivo de lutar pela vitória. Sempre fui assim e sempre serei, até que não consiga mais manter a minha rapidez e competitividade em pista. E este impedimento ultrapassa tudo o que imaginava ser possível por parte de um promotor”.

Na sequência deste impedimento de competir aplicado pelo promotor do Super 7 by KIA, Ricardo Megre vai agora fazer uma exposição à FPAK, entidade que tutela esta competição.

 

Scroll To Top