Sábado , Novembro 25 2017
ÚLTIMAS
Home / RALI / Rali de Águeda começa sábado dia 28 com uma super-especial nocturna
Rali de Águeda começa sábado dia 28 com uma super-especial nocturna

Rali de Águeda começa sábado dia 28 com uma super-especial nocturna

 

 

Prova do Clube Automóvel do Centro, com a promoção entregue à Promolafões, termina no dia seguinte, com dupla passagem pelas especiais de Falgoselhe e Préstimo, totalizando 99,57 quilómetros, 45,26 dos quais disputados ao cronómetro.

 

A edição 2017 do Rali de Águeda, pontuável para o Campeonato Regional de Ralis Centro – Jorge Amorim, vai para a estrada nos dias 28 e 29 do corrente mês, voltando a contar com o apoio financeiro e logístico da autarquia aguedense, até porque representa um dos maiores cartazes sócio-desportivo da região, evidenciando-se ao nível do impacto incontornável na dinamização da economia local.

 

A super-especial nocturna de sábado (dia 28), considerada já uma ferramenta distinta na promoção da região, vai agrupar milhares de pessoas nas principais artérias de Águeda para ver “in loco” pilotos a “explorar” as competências das máquinas, em que o desempenho dos navegadores é primordial para a funcionalidade das equipas.

 

O vereador do Pelouro do Desporto da Câmara Municipal, Edson Santos, afirmou que o Rali de Águeda «é um evento que atrai milhares de pessoas ao nosso território». «Esta é mais uma excelente oportunidade para aguedenses e visitantes em geral emoldurem as estradas do nosso concelho, com a super-especial de sábado, confinada ao coração da cidade, a despoletar a satisfação generalizada pela sua espectacularidade»,

 

Apesar de alguns constrangimentos, Edson Santos deixou bem explícito que a Câmara Municipal de Águeda «procurou que a prova continuasse no concelho, «porque entendemos que é de extrema importância para a projecção de Águeda e, pelo terceiro ano consecutivo, voltamos a ter na cidade a alegria dos pilotos e o entusiasmo dos aguedenses e dos visitantes».

 

O vereador do Pelouro do Desporto da Câmara Municipal de Águeda congratula-se com a aposta feita em manter a prova, «dado que são eventos de excelência, que conciliam a componente de espectáculo ao mais alto nível com um forte impacto económico no território, que fazem agitar ainda mais o concelho».

 

A dupla classificativa disputada num percurso de 2.200 metros, denominada Jorge Amorim A e B, tem partida marcada para as 20h35 e 20h48, respectivamente, no Jardim do Largo 1.º de Maio com a Rua Celestino Neto.

 

Os primeiros quilómetros da prova delineada pelo Clube Automóvel do Centro revestem-se como um aprazível “aperitivo” para a dimensão humana que vai moldurar as artérias da Baixa de Águeda. São os aguedenses, juntamente com os visitantes, que, naquele sábado à noite, que fazem o sucesso da prova, atendendo, sobretudo, ao extraordinário convívio entre familiares e amigos que contagia a cidade e a região, como se de uma romaria se tratasse.

Para o dia seguinte, domingo, dia 29, a “ementa” terá um apelativo reforço. Pilotos e máquinas terão pela frente “dose” dupla para “degustar”. Quatro troços disputados com dupla passagem pelas especiais de Falgoselhe e Préstimo perfazem o Rali de Águeda.

 

É a partir das 11h35 que chegam as extraordinárias, grandes emoções e novos desafios para os pilotos. Falgoselhe passa a ser o primeiro troço do dia, com a sua versão de 8,25 km, seguindo-se, a partir das 12h03, a especial de Préstimo, na extensão de 12,28 km, ambas a disputar no período matinal.

 

Terminada a segunda secção da primeira etapa, a terceira e derradeira secção terá início pelas 13h58, com nova incursão pelos 8,25 km de Falgoselhe. A fechar o programa do Rali de Águeda, a incontornável classificativa de Préstimo, a partir das 14h26, que, com os seus exigentes 12,28 km, volta a ser a especial mais longa e em que tudo se decidirá.

 

As instalações dos Bombeiros Voluntários de Águeda, permanecem como sede do “quartel-general” da prova, das verificações administrativas e técnicas, enquanto o Parque Fechado cinge-se às imediações do Centro de Artes de Águeda, local perfeito para o público poder ver bem de perto as viaturas de competição e contactar pilotos e navegadores. Refira-se que a cerimónia de pódio volta a ter lugar no Jardim do Largo 1.º de Maio.

 

Com o intuito de dinamizar e atrair novos públicos para os ralis, a caravana apresentar-se-á competitiva à procura do melhor resultado possível. Com as inscrições ainda a decorrer, neste momento ainda não é possível confirmar a presença das equipas na prova.

 

 

Scroll To Top