Domingo , Outubro 22 2017
ÚLTIMAS
Home / RALI / Rali de Mortágua foi hoje apresentado na sede do CAC
Rali de Mortágua foi hoje apresentado na sede do CAC

Rali de Mortágua foi hoje apresentado na sede do CAC

Pelo 11.º ano consecutivo, o Rali de Mortágua vai para a estrada nos próximos dias 18 e 19 de Setembro, regressando às origens e aos pisos de terra.

O Campeontao Nacional de Ralis regressa à zona centro do país para disputar a penúltima prova de 2015, o Rali de Mortágua. A prova que este ano transitará de pisos de asfalto para terra foi hoje apresentada na sede do Clube Automóvel do Centro onde foram dados a conhecer pormenores da prova.

A super-especial nocturna de Mortágua (1,86 km), em asfalto, na sexta-feira, dia 18, e as duplas passagens por Aguieira (23,20 km), Rigueiras (9,20 km) e Tojeira (18,15 km), em pisos de terra, no sábado, dia 19, são os ingredientes para mais uma edição do Rali de Mortágua que promete ser um grande desafio para a organização.

A super-especial a desenvolver às 20h00, nas rotundas de Vale de Açores, mas no sentido inverso ao do ano passado, numa “viagem” de regresso às origens, marca o início da prova. Trata-se de um aperitivo que serve de aquecimento dos motores para o dia seguinte, permitindo enorme concentração de pessoas para ver pilotos e máquinas no asfalto.

O dia de sábado fica umbilicalmente ligado às “aventuras e peripécias” dos pilotos a acelerar nos míticos troços de terra do concelho de Mortágua. Depois do sucesso nos anos anteriores, quando a prova foi disputada em pisos de asfalto, permitindo que alguns pilotos saíssem de Mortágua com os títulos de campeões nacionais, a entidade organizadora pretende inovar para que o concelho continue a ser uma referência na modalidade e satisfação dos inúmeros adeptos que têm marcado presença ao longo dos últimos 11 anos em Mortágua.

«Para além da super-especial nocturna, o público em geral e os simpatizantes dos ralis em particular terão oportunidade de ver, no sábado, dia 19, duplas passagens pelas especiais da Aguieira, Rigueiras e Tojeira, consideradas as melhores da actualidade», referiu Carlos Santos, director de prova.

A organização brindou as equipas de assistência a poderem trabalhar e «assistir à passagem dos seus pilotos, uma vez que a classificativa de Rigueiras passa junto das “oficinas” no Aeródromo», sustentou o dirigente na apresentação da prova,  acompanhado de Domingos Dinis, comandante do Destacamento da GNR de Santa Comba Dão, Júlio Norte, presidente da autarquia de Mortágua, e Vítor Silva, presidente do Clube Automóvel do Centro.

 

Regresso às especiais do Mundial de Ralis

 

O presidente da autarquia de Mortágua, Júlio Norte, reforçou que «a prova apresenta como principal novidade a mudança de pisos de asfalto para os de terra, um regresso às antigas especiais que fizeram parte do Mundial de Ralis, quando Mortágua emprestou os seus troços emblemáticos ao denominado TAP/Rali de Portugal».

Em comparação com os anos anteriores, «este será um rali mais duro e exigente para os pilotos e para as máquinas, dadas as características do terreno. Por outro lado, é um rali que dá a conhecer toda a diversidade e beleza das paisagens do concelho, entre serra, rio e floresta», sustentou o presidente da autarquia.

«Existe, naturalmente, uma grande expectativa em torno deste regresso do Rali de Mortágua à terra batida. A última vez que tal aconteceu foi em 2005, a contar para o Campeonato Nacional de Promoção», acrescentou o autarca.

Júlio Norte disse, em jeito de rodapé, que o Rali de Mortágua «é um investimento de capital importância, sobretudo para o comércio local».

Em suma, o Rali de Mortágua é também um grande desafio para a organização, não apenas no esforço em acolher da melhor maneira pilotos e equipas, como na montagem de uma prova que se pretende inovadora, mas sobretudo na sua estruturação, em que a componente segurança não pode estar desassociada e que permita a conciliação deste enorme cartaz de nomes sonantes do automobilismo nacional.

Refira-se que o Rali de Mortágua, organizado pelo Clube Automóvel do Centro, em parceria com a Câmara Municipal de Mortágua, é pontuável para o Campeonato Nacional de Ralis, Campeonato de Ralis FPAK Centro e Critério de Ralis do Centro, contando com os apoios do Grupo M. Coutinho, SA, Gextexpro, lda., Vidraria de Mortágua, AutoLook, Águas de Penacova, Mega Imagem, lda., Pr´hotel, LeiloAV e Cision, cujos contributos serão muito importantes para o sucesso desportivo deste evento.

 

Programa

 

Sexta-feira (18 de Setembro)

1ª Etapa – 1ª Secção / Mortágua – Mortágua

 

19h30 Partida da CM Mortágua

19h45 Parque de Assistência (Aeródromo de Mortágua)

20h15 1.ª PE – Super-Especial de Mortágua 1 (1,86 Km)

20h35 Parque de Assistência (Aeródromo de Mortágua)

21h35 Chegada da CM Mortágua

 

Sábado (19 de Setembro)

 

1ª Etapa – 2ª Secção / Mortágua – Mortágua (Aeródromo)

 

09h30 Partida CM Mortágua

09h45 Parque de Assistência (Aeródromo de Mortágua)

10h15 2.ª PE – Aguieira 1 (23,20 km)

11h13 3.ª PE – Rigueiras 1 (9,20 km)

11h56 4.ª PE – Aguieira 2 (23,20 km)

12h51 Chegada – Reagrupamento (Aeródromo de Mortágua)

 

1ª Etapa – 3ª Secção / Mortágua (Aeródromo) – Mortágua

 

13h30 Partida – Reagrupamento (Aeródromo de Mortágua)

14h23 5.ª PE – Tojeira 1 (18,15 km)

15h01 6.ª PE – Rigueiras 2 (9,20 km)

16h04 7.ª PE – Tojeira 2 (18,15 km)

16h44 Parque de Assistência (Aeródromo de Mortágua)

17h04 Chegada CM de Mortágua

 

Scroll To Top