Domingo , Novembro 18 2018
ÚLTIMAS
Home / VELOCIDADE / Ramos e Crestani Ex aequo no topo da tabela com os vencedores da Pro-AM. Parabéns à dupla Tom Onslow-Cole e Valentin Pierburg.
Ramos e Crestani Ex aequo no topo da tabela com os vencedores da Pro-AM. Parabéns à dupla Tom Onslow-Cole e Valentin Pierburg.

Ramos e Crestani Ex aequo no topo da tabela com os vencedores da Pro-AM. Parabéns à dupla Tom Onslow-Cole e Valentin Pierburg.

Com os 3 títulos em disputa à partida para a ultima corrida do ano, foram os 2 primeiros da Pro-AM que lideraram a tabela de tempos na qualificação para a Race 1 de sábado em Barcelona, com Tom Onslow-Cole na frente de Crestani por apenas 0,092seg. Estava assim dado o mote para um fantástico fim de semana de corridas na Catalunha. Logo após a partida o Mercedes #20 imprimiu um ritmo muito forte que não foi possível a Crestani acompanhar no Lambo #27 e apenas duas entradas do Safety Car permitiam disfarçar. Com a troca de pilotos e os handicaps destas duas equipas da frente da Pro-AM, Pierburg conseguiu manter a distância para Ramos e ficaram em 1º e 3º respetivamente.

Com o resultado da Race 1 a dupla do Mercedes #20 tinha recuperado 6 dos 10 pontos de desvantagem e assim tudo ficava ainda mais renhido para esta tarde de domingo. Na qualificação desta manhã, Pierburg conseguiu mesmo no final suplantar Ramos e com isso partir uma linha à frente na grelha de partida. Uma corrida sem grande historia, na qual Ramos e Crestani tudo fizeram para suplantar o Mercedes #20, mas o momento da troca de pilotos deitou tudo a perder, conforme o próprio Miguel Ramos comentou “Morremos na praia. Depois de liderar o Campeonato desde a primeira corrida, deixamos tudo a perder aqui em Barcelona onde não fomos competitivos contra os Mercedes, De qualquer modo devemos dar os parabéns ao Tom e ao Valentin, pois também fizeram um grande Campeonato. Hoje falhamos na gestão. Tínhamos 5 segundos de vantagem de handicap e não aproveitamos porque cometemos um erro de cronometrarem nas Boxes. O Valentim entrou ao mesmo tempo para a troca de pilotos com 2seg de vantagem, mas como nós tínhamos menos handicap, se tudo corresse normal sairíamos com 3seg de vantagem. Contudo não nos correram bem as contas e saímos atrás 1seg e com este detalhe perdemos o Campeonato. No total fizemos 80 pontos mas como fomos a única equipa a pontuar sempre, tivemos de deitar fora a pior pontuação e esses 2pts que tivemos que deitar fora, fizeram-nos perder o Campeonato. Ficamos assim com os mesmos 78pts da dupla do Mercedes #20, contudo com o mesmo numero de pontos, ganha quem tiver mais vitórias”.

Chega assim ao fim o International GT Open 2018 e na classificação da Pro-AM, Tom Onslow-Cole e Valentin Pierburg com 78pts e Miguel Ramos e Fabrizio Crestani, também com 78pts. Em terceiro ficou o Brasileiro Marcelo Hahn com 58pts.

 

Scroll To Top