Domingo , Dezembro 17 2017
ÚLTIMAS
Home / MOTOS / Rea e Kawasaki arrasaram em dia histórico
Rea e Kawasaki arrasaram em dia histórico

Rea e Kawasaki arrasaram em dia histórico

Com o público a aderir novamente em força o Autódromo Internacional do Algarve recebeu hoje o derradeira dia do programa da décima prova do campeonato do mundo de Superbike que após um ano de ausência regressou pela nova vez ao traçado junto à cidade de Portimão.

Com o vento a mostrar alguma clemência, especial durante a manhã, a jornada começou de forma histórica quando Ana Carrasco se tornou na primeira mulher a vencer uma prova de campeonato do mundo de motociclismo ao tirar a primeira posição a Alfonso Coppola após a derradeira curva da corrida de Supersport 300. As 11 voltas de corrida foram de intensidade total com a piloto espanhola sempre envolvida na luta pelo primeiro posto, acabando por surpreender nos últimos metros para vencer com diferença de apenas 53 milésimas de segundo face a Coppola, Garcia, Valle e Perez, pilotos que passaram igualmente pelo comando da corrida e fecharam a corrida colados a Ana Carrasco, sendo que Perez, o quinto, terminou a 338 milésimas de segundo da histórica vencedora.

Igualmente bastante discutida foi a vitória na classe Supersport. PJ Jacobsen foi o primeiro comandante na fase inicial da prova, mas com o acumular de voltas o norte-americano perdeu terreno num grupo onde estavam os cinco primeiros do campeonato. Depois de Jules Cluzel e Lucas Mahias terem passado pela liderança tal como Jacobsen, Kenan Sofuoglu subiu ao primeiro lugar na oitava passagem e não mais largou o primeiro posto mesmo se pressionado por Lucas Mahias. O gaulês tentou a sorte na fase final da corrida, já sozinho com o turco depois de Cluzel ter igualmente perdido terreno.

Sofuoglu acabou por garantir a quarta vitória do ano com apenas 80 milésimas de vantagem sobre Mahias, que perdeu igualmente o comando do campeonato para o rival turco. Sofuoglu viu também o seu protegido Toprak Razgatlioglu vencer nas Superstock 1000, prova do campeonato europeu onde o turco esteve num nível distinto para vencer com vantagem confortável face a Florian Marino e Maximilian Scheib, os seus companheiros de pódio.

A fechar o dia e o fim-de-semana Jonathan Rea mais uma vez esteve imparável e venceu pela 11ª vez no campeonato – quinta consecutiva no Autódromo Internacional do Algarve – depois de assumir a liderança logo na segunda das 20 voltas de corrida, ele que arrancou na nona posição.

Rea cruzou a linha de meta com quase seis segundos de vantagem sobre Michael Van Der Mark com o holandês a assegurar o seu primeiro pódio do ano numa corrida onde Chaz Davies hipotecou a possibilidade de subir a segundo no campeonato depois de cair a três voltas do final. Uma queda que colocou igualmente Marco Melandri no pódio e deixou Eugene Laverty em quarto.

Com esta dupla vitória Jonathan Rea reforçou a sua liderança de vitórias na pista algarvia e aumentou o seu pecúlio de pontos para 280 aqui conquistados, ele que participou em todas as 18 corridas do campeonato realizadas no Autódromo Internacional do Algarve.

Um fecho em beleza no final de um fim‑de‑semana onde a festa das Superbike esteve novamente numa das suas catedrais, o Autódromo Internacional do Algarve.

RESULTADOS SUPERBIKE

RESULTADOS SUPERSPORT

RESULTADOS SUPERSPORT 300

RESULTADOS SUPERSTOCK 1000

 

Scroll To Top