Sábado , Dezembro 16 2017
ÚLTIMAS
Home / RALI / Ricardo Costa e Rui Vilaça ganham a Taça Nacional de Ralis – Asfalto
Ricardo Costa e Rui Vilaça ganham a Taça Nacional de Ralis – Asfalto

Ricardo Costa e Rui Vilaça ganham a Taça Nacional de Ralis – Asfalto

 

 

Equipa minhota venceu a competição no Rallye Casinos do Algarve

 

A dupla do Mitsubishi Lancer Evo IX, Ricardo Costa e Rui Vilaça, venceu o Rallye Casinos do Algarve entre os concorrentes da Taça Nacional de Ralis – Asfalto e confirmou, desta forma, a conquista da competição. Além dos excelentes resultados que permitiram à formação minhota alcançar os objectivos definidos para a última ronda de 2017, Costa e Vilaça ainda terminaram num impressionante nono lugar à geral. O resultado absoluto é ainda mais digno de nota, pois a jornada organizada pelo Clube Automóvel do Algarve pontuava para vários campeonatos nacionais e internacionais e o parque automóvel presente era de luxo.

 

Ricardo Costa e Rui Vilaça voltaram a apresentar-se em prova pelo muito bem preparado, pela Macominho Sport, Mitsubishi Lancer Evo IX. O factor negativo era o desconhecimento dos troços, pois a equipa nunca tinha passado nos troços algarvios. Apesar disso, piloto e co-piloto entraram para o rali concentrados em obter um bom resultado. Começaram a construí-lo logo no início. No primeiro dia, Costa e Vilaça foram sempre mais rápidos, com excepção da super-especial noturna. Um pião nessa especial espectáculo impediu-os de fazer o pleno. Para o segundo dia, a dupla não mudou de postura e continuou a vencer troços. Voltou a conseguir quase a totalidade de vitórias. Não o fez porque, mais uma vez, não bateu a concorrência na derradeira classificativa. Desta feita, devido a um furo no Mitsubishi. Ainda assim, terminou o Rallye Casinos do Algarve com uma vantagem de dois minutos para o segundo classificado.

 

No final, Ricardo Costa não escondia a felicidade pelo feito alcançado. “É fabuloso. Tivemos um rali quase perfeito e terminar com a vitória na Taça Nacional de Ralis – Asfalto é fantástico. Estou muito feliz. Tínhamos alguma expectativa e algum receio antes de entrar em competição por não conhecermos os troços. Mas, no final, adorámos. Tivemos imenso prazer nas especiais e tudo correu de forma especial. Não posso deixar de agradecer todo o apoio dado pelos patrocinadores, pelos amigos, pela família e quero dizer um obrigado especial à minha equipa que me deu um carro sempre fantástico de pilotar”, afirmou o piloto.

 

Rui Vilaça também não cabia em si de contente. “Este fim-de-semana foi mágico. Correu tudo de uma forma irrepreensível. Conseguimos ser sempre rápidos, desde o primeiro até ao último troço. Acho que ainda nem caí em mim com o que conseguimos alcançar hoje. Penso que só nos próximos dias é que vou ter a real noção do que se passou. Estes dois dias foram fantásticos, embora de uma grande tensão para nós. Mas esta vitória na taça é o resultado de uma temporada maravilhosa. Tivemos momentos difíceis, mas mostrámos sempre a nossa competitividade. Só assim é que pudemos chegar ao fim e celebrar a conquista deste troféu. Quero dedicar esta vitória ao meu filho e à Isabelinha”, explicou.

 

Scroll To Top