Quarta-feira , Setembro 26 2018
ÚLTIMAS
Home / RALI / Ricardo Matos e o arranque da Taça FPAK de Ralis: “Fafe é um sítio especial e sinto que este ano estamos ainda melhor preparados”
Ricardo Matos e o arranque da Taça FPAK de Ralis: “Fafe é um sítio especial e sinto que este ano estamos ainda melhor preparados”

Ricardo Matos e o arranque da Taça FPAK de Ralis: “Fafe é um sítio especial e sinto que este ano estamos ainda melhor preparados”

 

Ricardo Matos e o navegador Carlos Matos colocaram o seu Mitsubishi Lancer Evo IX na luta pelos pódios e pelas vitórias na sua época de estreia ao volante do carro japonês. Agora, a dupla de Amarante espera que a experiência e as boas indicações dadas em 2017 sejam instrumentais para a época de 2018, que começa este fim-de-semana com o emblemático Rali Serras de Fafe.

Motivados, preparados e confiantes. Estas três palavras podem resumir o estado de espírito de Ricardo Matos e de Carlos Matos a menos de uma semana do arranque oficial da Taça FPAK de Ralis, que acompanhará o calendário do Campeonato de Portugal de Ralis.

Depois de uma época na Taça Nacional de Ralis de Terra onde venceu o Rali de Mortágua e subiu ao pódio nos ralis de Gondomar e Vinho do Dão, Ricardo Matos sabe que deixou há muito de ser uma surpresa para passar a ser encarado como um sério candidato às vitórias. E nada melhor do que o carismático Rali Serras de Fafe, disputado numa das catedrais da modalidade em Portugal, para começar a temporada da nova Taça FPAK.

“Fizemos os reconhecimentos no passado sábado e os troços, como é habitual em Fafe, estão com um piso fantástico. O traçado é semelhante ao do ano passado, uma das poucas diferenças é uma secção do troço de Gontim. No entanto, à semelhança dos outros troços, é uma zona muito bonita e estão reunidas condições para um grande espetáculo”, analisa Ricardo Matos.

Reconhecendo que a sua primeira verdadeira época nos ralis foi uma experiência enriquecedora, o piloto amarantino trabalhou arduamente na pré-época para que o seu andamento possa ser concretizado em mais pódios e vitórias. “Este ano estou mais confiante, com maior conhecimento do carro e dos ralis. Penso que a própria preparação do carro é agora mais adequada. Eu próprio trabalhei a vertente física para que esteja no máximo das capacidades em qualquer momento. Mas não fomos apenas nós que evoluímos; a concorrência também está muito forte e penso que os milhares de adeptos que estarão em Fafe vão assistir a uma grande luta pela vitória”, referiu.

Ricardo Matos, que este ano também disputará algumas provas do Campeonato de Ralis Norte como preparação para a exigente Taça FPAK de Ralis (que fará todo o percurso das provas do Campeonato de Portugal), também fez questão de deixar uma certeza aos patrocinadores e apoiantes do seu projeto: “Só posso agradecer a todos eles, os que estão connosco e que acreditam no projeto desde o início até aos que chegaram mais recentemente. Uma coisa podem dar como certa: vamos lutar do primeiro ao último quilómetro por resultados que dignifiquem a aposta que fizeram e que tragam o máximo de retorno para as suas marcas. Nos ralis nada é garantido mas pelo menos esse espírito de luta e de determinação ninguém nos tira”, concluiu.

A 31.ª edição do Rali Serras de Fafe começa no próximo sábado (dia 17), com quatro especiais nos famosos troços da Lameirinha e Luílhas (duas passagens cada) e uma popular Super Especial citadina, marcada para as 21h30. No domingo, a competição inclui seis especiais divididas pelos troços de Montim, Ruivães/Confurco e Gontim, que perfazem o total de 122,3 quilómetros cronometrados.

 

Scroll To Top