Sexta-feira , Março 24 2017
ÚLTIMAS
Home / RALI / Ricardo Teodósio venceu o Rallysprint de Loulé
Ricardo Teodósio venceu o Rallysprint de Loulé

Ricardo Teodósio venceu o Rallysprint de Loulé

 

 

Formato compacto, espetáculo, competição e público foram a fórmula para o sucesso da 1ª edição do Rallysprint de Loulé. Ricardo Teodósio justificou o favoritismo e foi o grande vencedor. Luís Nascimento, Paulo Santos e Edgar Guerreiro venceram as classes.

 

A equipa Ricardo Teodósio e Pedro Conde, num Mitsubishi Lancer EVO VI, justificaram o favoritismo e venceram todas as especiais do Rallysprint de Loulé, acabando com mais de um minuto de vantagem sobre a concorrência. Em viatura idêntica, Eduardo Antunes e Hugo Bentes, fizeram uma prova em evolução, acabando no segundo posto, numa das melhores prestações deste concorrente. O regresso de Luís Nascimento e Carlos Caliço, no Opel Corsa2.0, não deixou ninguém indiferente e foi coroada de sucesso, sendo os melhores 2RM e vencedores da classe III, fechado o top3. A consistência foi a estratégia de Nuno Venâncio e André Barras, no BMW 325 IX, que acabaram no quarto lugar. Uma das figuras do rallysprint foi Paulo Santos, navegado por Luís Santos, estreou o competitivo Citroen Saxo, foi sempre muito rápido efetuando tempos próximos de Teodósio. Na última especial, um problema com o cabo do acelerador levou à perda de um minuto descendo do segundo posto para a quinta posição. Como consolação, alcançou a vitória na classe II. José Martins e Rui Santos acabaram na sexta posição, e foram segundos da classe II, na frente de Viana Martins e Fernando Almeida em Peugeot 206 GTi. Em estreia nos ralis, a equipa Edgar Guerreiro e Pedro Contente, fizeram rápida adaptação e registaram bons cronos vencendo a classe IV, com o imponente VW Corrado. Um problema na 2ª especial, atirou José Coelho e Nuno Afonso no Peugeot 205, para o fundo da tabela, mas a equipa farense não baixou os braços e andou sempre muito rápida no traçado do Parque das Cidades. A fechar o pelotão, Filipe Silva e Edgar Gonçalves, que não se livraram de um valente susto no final do rali quando tiveram um princípio de incêndio no Citroën Saxo. Registo para os abandonos de José Carlos Paté, após um despiste na primeira especial, Paulo Costa com problemas de motor, João Monteiro com sobreaquecimento e João Martins com avaria.

As viaturas clássicas que marcaram presença no evento também deram um colorido especial.

A aposta de uma prova compacta, de fácil acesso, com um bom ritmo, e próxima do espetador, deu os seus frutos, e mereceu elogios por parte dos participantes e do público que aflui ao Parque das Cidades, em Loulé, deixando bons indicadores para o futuro do Troféu de Rallysprint do Sul.

Organizada pelo clube Automóvel do Algarve, o Rallysprint de Loulé conta com o patrocínio de Solverde-Casinos do Algarve  e o apoio da Câmara Municipal de Loulé.

Consulte mais informação em http://clubeautomovelalgarve.pt/docs/RS14/RS14.html

 

 

Fotos: Racing Agenda (Alex Ventura)

 

Scroll To Top