Segunda-feira , Maio 21 2018
ÚLTIMAS
Home / RALI / Saída de estrada condiciona prova de João Ruivo no CNR2
Saída de estrada condiciona prova de João Ruivo no CNR2

Saída de estrada condiciona prova de João Ruivo no CNR2

 

Uma saída de estrada na segunda passagem pela classificativa do Confurco, condicionou o arranque do Campeonato Nacional de Ralis – 2 Litros / 2 Rodas Motrizes para João Ruivo e Emídio Magalhães.
As coisas não tinham começado mal para o piloto de Famalicão que na primeira passagem por estes 10,88 quilómetros de especial tinha registado o segundo tempo, estando na luta pela liderança. Só que na segunda, na descida para o famoso cruzamento pelo asfalto, não conseguiu evitar uma saída de estrada. O Renault Clio não sofreu danos de maior, mas ficou numa posição em que foi muito complicado sair: “Foi um rali diferente, acho eu, pois tudo nos aconteceu. Começou mal para mim, pessoalmente, logo na sexta-feira, pois estou com febre e engripado. Depois começamos mais ou menos na primeira classificativa e, na segunda, tivemos uma saída de estrada em que as autoridades não deixaram o público ajudar rapidamente, pois o carro ficou numa situação que não conseguia sair pelos seus próprios meios”, explicou o piloto, prosseguindo: “Perdemos cerca de 19 minutos e o público foi extremamente prestável, mesmo proibido, retirou-nos de lá em 40 segundos”.
Com a classificação final comprometida em face do tempo perdido, João Ruivo redirecionou os seus objetivos para esta prova: “Queríamos continuar numa toada de aprendizagem para manter o ritmo. Os dois primeiros troços até correram como planeamos, apesar das afinações não serem as ideais, mas na segunda passagem por Luilhas rebentou o cabeçote do lado direito. Este troço já estava demolidor, mas conseguimos arranjar o problema na assistência. Ficámos sem suspensão, fizemos a parte da tarde nestas condições e voltou a rebentar o cabeçote. Só nos restava levar o carro até ao fim e tentar amealhar o máximo de pontos possível”, explicou, conformado com o sexto lugar do Campeonato Nacional de Ralis – 2 Litros / 2 Rodas Motrizes, mas os azares que não ficaram por aqui: “Esqueci-me do sistema Hans e ainda penalizámos logo de manhã”.
Apesar de tudo, João Ruivo retirou algumas ilações desta participação: “Serviu para aprender uma série de coisas e esperar que as próximas provas sejam melhores”, concluiu.

 

Scroll To Top