Domingo , Agosto 20 2017
ÚLTIMAS
Home / MOTOS / Sebastian Bühler na Grécia com altos e baixos
Sebastian Bühler na Grécia com altos e baixos

Sebastian Bühler na Grécia com altos e baixos

 

O jovem piloto da Yamaha ficou sem gasolina a 1km da meta
Numa prova de Todo-o-Terreno extremamente exigente ao nível de navegação, Sebastian Bühler esteve hoje em excelente plano no Serres Rally, mas acabou por ver a sua prestação marcada por um erro que lhe custou mais de quinze minutos e que o levou a ficar sem gasolina na sua Yamaha a menos de um quilómetro do final.

O atual líder do campeonato português cumpre na Grécia a sua terceira internacionalização tendo em vista uma eventual participação no Dakar em 2018. Os 252kms de especial cronometrada de SS2 (Lailias Classic – Agistro – Bosdakas Crossing) foram cumpridos pelo piloto da Yamaha, inscrito na prova grega pela equipa CRN Competition Pinhelworks, em 5h50m04s não sendo conhecidas até ao momento eventuais penalizações. Um tempo que corresponde ao 13º lugar da Classe B aquela em que competem os principais pilotos.

Na etapa que voltou a ser ganha por Stefan Svitko, o eslovaco que foi segundo no Dakar 2016 e com o italiano Alessandro Botturi, piloto oficial da Yamaha, na segunda posição, Sebastian Buhler salientou no final da etapa que “estava tudo a correr bastante bem, não tinha tido muitas falhas na navegação e sabia que estaria bem na classificação geral quando tive um engano daqueles grandes. Andei mais de 15 minutos perdido até retomar a corrida e se isso não bastasse, a menos de um quilómetro para o final fiquei sem gasolina na moto. Continuo a aprender. A prova é excelente para isso e espero que amanhã me corra melhor”.

O terceiro dia deste Serres Rally compreende uma etapa de 234km cuja especial cronometrada (SS3 Ayrton Chalkidiki) totaliza 173kms.

 

Scroll To Top