Sexta-feira , Novembro 17 2017
ÚLTIMAS
Home / RALI / Sebastien Ogier vence Vodafone Rally Portugal
Sebastien Ogier vence Vodafone Rally Portugal

Sebastien Ogier vence Vodafone Rally Portugal

O campeão do Mundo de ralis, Sébastien Ogier, tem um talismã em Portugal. Ao volante do seu Volkswagen Polo WRC venceu o Vodafone Rally de Portugal pela quarta vez na sua carreira e ainda obteve os três pontos extra da Power Stage, conquistando, assim, o máximo de pontos possível numa prova do Mundial, 28 no total.

Neste último dia de competição, Jari-Matti Latvala foi o mais rápido na primeira passagem por Loulé, naquilo que foi uma espécie de reconhecimento a alta velocidade para a Power Stage que encerrou o Vodafone Rally de Portugal. Mads Ostberg venceu na segunda classificativa do dia, São Brás de Alportel, enquanto Ogier foi o melhor no derradeiro confronto, à frente do seu companheiro de equipa, Latvala, e do norueguês da Citroën. Um resultado que lhe valeu ainda o seu peso e do novegador em azeite Oliveira da Serra.

Mikko Hirvonen acabou o Vodafone Rally de Portugal no segundo posto, naquele que foi o seu melhor resultado até ao momento em 2014. O finlandês tentou entrar na guerra dos pontos da Power Stage mas sem pneus macios novos para usar, sabia que estava limitado e isso comprovou-se. Apenas conseguiu o quarto melhor registo neste particular.

Mads Ostberg juntou o ponto extra ganho aos 15 do terceiro lugar final. O norueguês foi um dos poucos que conseguiu guardar pneus macios novos para o último dia do Rally mas não conseguiu tirar partido desse factor para aumentar o número de pontos para o campeonato. Latvala, por sua vez,m contentou-se com apenas dois pontos. O finlandês não foi além do 14º lugar depois de ter sofrido um acidente no segundo dia de competição e ter voltado em Rally 2. Desta forma, o nórdico viu Ogier afastar-se no campeonato.

Andreas Mikkelsen andou quase todo o Rally com o objectivo de reconquistar a confiança ao volante do Polo WRC e, de forma constante, acabou por ficar com o quarto posto. O veterano Henning Solberg regressou ao WRC e fechou o top-5. No final, bem disposto, disse que ainda consegue “ganhar aos jovens pilotos”, afirmou sorridente.

Com Solberg em quinto, Prokop perdeu o estatuto de melhor privado mas ficou à frente dos dois Hyundai de Thierry Neuville e de Neuville, que acabaram em sétimo e oitavo, respectivamente. Sordo foi, consistentemente, o melhor da marca coreana, mas abandonou na ligação para o primeiro troço deste último dia com uma transmissão do seu i20 WRC partida.

Entre os portugueses, Bernardo Sousa foi sempre o melhor e, no final, festejou pelo facto de ter concluído o Vodafone Rally de Portugal pela primeira vez e por o ter feito como melhor luso. O madeirense acabou à frente de Rui Madeira e de João Barros, segundo e terceiro, respectivamente.

 

Scroll To Top