Segunda-feira , Outubro 22 2018
ÚLTIMAS
Home / VELOCIDADE / Segunda corrida do Historic Endurance mais tranquila
Segunda corrida do Historic Endurance mais tranquila

Segunda corrida do Historic Endurance mais tranquila

Começou este fim-de-semana, no circuito Ricardo Tormo em Valencia, a nova época do Historic Endurance. O circuito de Valencia organizou um fim-de-semana dedicado aos carros e motas clássicas com o nome de “Racing Legends”. Como convidados de honra,
estiveram Freddie Spencer e Emillio de Villota presentes no evento.
Inscritos estavam 30 veículos, com Pilotos de 7 nacionalidades diferentes, incluindo um Piloto que vinha directamente do Chile e dois do Japão.
A segunda corrida acabou por ser mais calma, pois o Porsche convidado teve um problema na volta de formação, deixando a dupla Bastos Rezende / Pais do Amaral com a tarefa facilitada, enquanto experimentavam os novos pneus Avon que irão substitui os Toyo. Assim, o interesse da corrida focou-se no Escort RS1600 de Miguel Ferreira, que vinha a ganhar posições pois partia da última posição. Infelizmente, quando já rodavam na terceira posição e se aproximava do segundo lugar, o Escort teve um problema mecânico e teve de desistir. Assim, o segundo classificado nos H1976 acabou por ser Zorrilla/Moreno, com Brizido/Pina Cardoso a conquistarem um suado terceiro lugar.
Nos H1965, Georg Nolte venceu com o seu Bizzarini, sobre pressão do Lotus Elan Espanhol de Antonio Noguera que ficou a apenas 28 segundos. Já a dupla Ibérica, Torres da Silva/ Rodriguez terminaram em terceiro depois de uma grande luta com o Porsche 911 S/T,
embora de outra classe não deixou de ser uma luta muito interessante.
Na categoria H1971, foi novamente o Porsche 911 2.5 S/T da conhecida dupla Gutierrez/Fuster que venceu. Roberto Diaz-Rincon em GTAm terminou na segunda posição após grande luta com o outro Alfa Romeo Alfetta GTV de Branquinho/Saraiva. No terceiro lugar ficou o Porsche 911 2.0-S de Carvalhosa/Dal Maso.
Na categoria até 1300, existiram algumas desistências face aos quatro 1300 inscritos, com o Mini patrocinado pela Repsol de Francisco Serrano a vencer seguido do Datsun 1200 de Guillermo Velasco.
O “Index of Performance”, classificação mais importante do Historic Endurance, que beneficia os carros mais antigos e de menor cilindrada através dum índex sobre a cilindrada e a antiguidade da viatura. Depois da dupla Japonesa estar no comando até 10 minutos do final, o Porsche 356 das irmãs Iria e Maria Fernandez passou para a frente e venceu o Index de Performance.

Diogo Ferrão, responsável do Historic Endurance, comentou: “A corrida de Domingo acabou por ser menos interessante, com as equipas a conhecerem melhor o circuito. As ameaças de chuva não se concretizaram com as equipas a tirarem o pó aos carros após o rigoroso inverno.
Agora, todos já estão prontos para Jarama, uma das provas mais populares para as equipas Ibéricas, dado a sua localização e os fantásticos carros da Peter Auto com quem dividimos o fim-de-semana.”
Informação adicional estará brevemente disponível no website da competição em www.historicendurance.com

 

João Bica

 

Scroll To Top