Quarta-feira , Maio 23 2018
ÚLTIMAS
Home / RALI / SEGUNDO PÓDIO CONSECUTIVO PARA O C3 WRC
SEGUNDO PÓDIO CONSECUTIVO PARA O C3 WRC

SEGUNDO PÓDIO CONSECUTIVO PARA O C3 WRC

Kris Meeke e Paul Nagle terminaram o Rali do México 2018 no 3º lugar, garantindo o segundo pódio consecutivo do ano para o Citroën Total Abu Dhabi WRT e confirmando o forte início de temporada da equipa. Por seu turno, Sébastien Loeb e Daniel Elena foram 5ºs classificados na geral, depois  de uma sólida prestação que os levou a passar pela liderança, registando, deste modo, um regresso em grande à sua categoria favorita de desporto automóvel.

 

Com uma série de seções estreitas e sinuosas na especial de abertura do dia, seguidas de estradas mais rápidas para as duas passagens pelo troço de Las Minas, o último dia do Rali do México foi tudo menos um passeio de domingo.

Infelizmente, Kris Meeke descobriu isso logo na especial de abertura, vendo a vantagem de 10,9 segundos, que trazia da véspera sobre o 3º classificado, desaparecer quando teve uma saída de estrada, em plena travagem. Perdeu, com todo o processo, 47,5 segundos e caiu uma posição na geral, conseguindo, depois, segurar esse 3º lugar até ao final do rali e subir, pela primeira vez este ano, a um lugar do pódio.

A Citroën Total Abu Dhabi WRT alcançou, assim, o seu segundo pódio do ano no calor sufocante do México, depois do obtido por Craig Breen sob as temperaturas invernais da Suécia. O piloto da Irlanda do Norte ocupa, agora, o 4º lugar no Campeonato de Pilotos.

Segundo a entrar para os troços na manhã do último dia, posição que o impediu de andar entre os primeiros, Sébastien Loeb tirou o maior partido destes derradeiros quilómetros em terra com o C3 WRC, levando o carro em segurança até o final, registando um 5º lugar. Graças ao furo na etapa da véspera, quando liderava o Rali do México, esta posição não reflete, de modo algum, a sua brilhante performance ao longo de um fim de semana em que regressou ao seu “primeiro amor”.

 

 

Num evento muito exigente para as viaturas, o C3 WRC registou 8 vitórias em troços (duas delas ex.aequo), provando, uma vez mais, o seu nível de fiabilidade e performance. Com os pontos amealhados neste fim de semana, o Citroën Total Abu Dhabi WRT ficou a 1 mero ponto do 2º lugar no Campeonato de Construtores.

 

O QUE ELES DISSERAM…

Kris Meeke: “Obviamente que há aspetos positivos a tirar deste fim de semana, começando pelo facto de que alcancei o meu primeiro pódio do ano, somando pontos importantes para o Campeonato. Mas não posso deixar de me sentir desapontado, pelo menos em termos da equipa. Eu tinha tudo o que precisava para vencer aqui no México – o ritmo, o carro e a posição na estrada – mas não estive à altura. Cometi muitos pequenos erros e isso penaliza-nos a este nível. Preciso de fazer melhor do que isto, começando já na Córsega, prova em que fomos muito competitivos no ano passado.”

Sébastien Loeb: “À chegada ao México, sentia que os testes tinham corrido bem, mas não tinha, obviamente nenhuma certeza sobre o meu nível, tendo em conta que todos os pilotos estão a lutar por décimos de segundo, e que não é preciso muito para ficarmos mais atrás. Foi, por isso, uma agradável surpresa ver que estava no mesmo ritmo! Só estou um pouco frustrado pelo facto de não ter podido lutar até o final com os outros devido ao furo. Em qualquer caso, foi um final de semana muito bom, que era o objetivo inicial. Espero poder agora obter um bom resultado na Córsega, mesmo que ainda tenha bastantes coisas para redescobrir.”

 

RALI DO MÉXICO 2018

CLASSIFICAÇÃO FINAL

 

  1. Ogier / Ingrassia (Ford Fiesta WRC) 3:53:58.0
  2. Sordo / Del Barrio (Hyundai i20 WRC) + 1:13.6
  3. Meeke / Nagle (Citroën C3 WRC) + 1:29.2
  4. Mikkelsen / Jaeger (Hyundai i20 WRC) + 1:48.4
  5. Loeb / Elena (Citroën C3 WRC) + 2:34.6
  6. Neuville / Gilsoul (Hyundai i20 WRC) + 9:13.0
  7. Tidemand / Andersson (Skoda Fabia R5) + 10:34.7
  8. Latvala / Anttila (Toyota Yaris WRC) + 15:47.1

 

Scroll To Top