Quarta-feira , Julho 18 2018
ÚLTIMAS
Home / MOTOS / Selecção Nacional TdN 2015 12º lugar em Espanha
Selecção Nacional TdN 2015 12º lugar em Espanha

Selecção Nacional TdN 2015 12º lugar em Espanha

A localidade espanhola de L’Hospitalet de l’Infant, junto ao Mediterrâneo em Espanha, recebeu no passado fim-de-semana mais uma edição do Trial das Nações, a 32ª no historial da competição criada pela Federação Internacional de Motociclismo em 1984.

Dividida em duas categorias desde 1995, destinando cinco lugares ás cinco selecções mais representativas a nível mundial e os restantes quinze lugares disponíveis para outras selecções, a prova voltou a contar com duas dezenas de nações presentes, representadas por quatro pilotos cada, sendo a classe ‘Internacional’ aquela onde mais uma vez a Federação de Motociclismo de Portugal se fez representar com a presença do quarteto de pilotos composto por Ricardo Damil, Filipe Paiva, Diogo Vieira e Miguel Rodrigues, pilotos que enfrentaram as duas voltas ás 18 zonas de obstáculos desenhados pela organização espanhola.

Num dia quente numa zona com forte tradição da modalidade foram muitos os espectadores que acompanharam o evento, desejosos não apenas de acompanhar a forte equipa espanhola, onde estavam os quatro primeiros classificados do campeonato do mundo de 2015, que terminou na semana anterior igualmente em Espanha, mas ao mesmo tempo ávidos de poder observar em acção os melhores especialistas desta espectacular modalidade onde a velocidade não é o factor mais importante, mas sim o equilíbrio e a capacidade de ultrapassar obstáculos muitas vezes parecendo impossíveis de transposição por parte dos atletas.

No final da competição Portugal conseguiu a 12ª posição entre as 15 equipas da categoria Internacional, terminando na frente das equipas de Andorra, Luxemburgo e Eslovénia numa classe onde os melhores foram os pilotos da Républica Checa na frente da Alemanha e Austrália que fecharam o pódio na categoria.

Na classe rainha a vitória foram novamente os espanhóis que sem surpresa assinaram o seu 12º triunfo consecutivo e o 23º na história do Trial das Nações.

 

Scroll To Top