Domingo , Outubro 21 2018
ÚLTIMAS
Home / RALLYCROSS / Sever do Vouga: a prova de todas as decisões
Sever do Vouga: a prova de todas as decisões

Sever do Vouga: a prova de todas as decisões

 

A pista do Alto do Roçário, em Talhadas, Sever do Vouga, vai receber já em 13 e 14 de Outubro a derradeira jornada do PTRX, onde se vão decidir os títulos que faltam.

Não vão faltar motivos para uma visita à pista do Alto do Roçário, pois as decisões de títulos, as promessas de regressos e até a estreia de um novo carro, fazem parte do programa da prova que o Vouga Sport Clube vai organizar.

Comecemos pela estreia: Joaquim Machado comprou recentemente um Peugeot 208 S1600 a Ulrik Linnemann e ainda na passada terça-feira (dia 25 de Setembro) rodou com o carro em Montalegre e pelos vistos o desempenho foi bom. Pois bem, a prova do Vouga Sport Clube vai ser o placo da estreia deste novo carro, que vem enriquecer o parque automóvel nacional.

Depois há os regressos e entre estes destaque-se o de Mário Barbosa, com o Citroen DS3 Supercar, que confirmou já a presença e se a este facto aliarmos o facto de haver mais um DS3 Supercar presente,o de João Novo, pai do Campeão em Título da Super Iniciação, junto com o do já virtual Campeão, Pedro Matos, ao Focus de Joaquim Santos e ao Leon de José Lameiro, mais os homens da Super Nacional 4WD, temos tudo para ter uma grande final, talvez mesmo a melhor de 2018.

Por outro lado, se é certo que em Castelo Branco se decidiram três títulos – Super Buggy para António Santos, Supercar para Pedro Matos e Super Nacional A1.6 para Pedro Tiago – é também certo que há mais quatro que só vão ficar entregues em Sever.

Destes o mais fácil é o da Super Nacional 2RM, em que Santinho Mendes tem 26 pontos sobre Adão Pinto e basta-lhe pontuar para arrumar a questão a seu favor.

Rafael Rocha lidera a tabela da Iniciação e o terceiro lugar de Castelo Branco adiou tudo para Sever, onde Rodrigo Correia ainda por dar um ar da sua graça. Por outro lado João Novo ainda terá hipóteses matemáticas, está 40 pontos atrás e a prova vale 42… Mas para que tal suceda, o azar dos outros terá que estar presente.

Na Super 1600 João Ribeiro só depende de si mesmo. Tem que pontuar e controlar o andamento de José Eduardo Rodrigues para quem as vitórias nas mangas e na final são obrigatórias. Pelo nível de ambos é difícil, mas não será impossível.

Por fim o Kartcross, onde todas as contas e cenários são possíveis. Jorge Gonzaga está na frente do Campeonato e quer, certamente interromper o ciclo de vitórias de Pedro Rosário. Por seu lado o heptacampeão quer juntar o oitavo título à carreira e por isso é de antever uma guerra sem quartel, mas com toda a classe e desportivismo que caracteriza ambos os pilotos, tal como ainda recentemente em Castelo Branco, podemos ver.

Portanto, de certo apenas uma coisa: avizinha-se um grande fim-de-semana de corridas e a pista do Alto Roçário vai ser o palco.

 

Scroll To Top