Segunda-feira , Julho 16 2018
ÚLTIMAS
Home / RALI / Tri campeão mundial venceu Rallye Monte Carlo (por RicardoNascimento)
Tri campeão mundial venceu Rallye Monte Carlo (por RicardoNascimento)

Tri campeão mundial venceu Rallye Monte Carlo (por RicardoNascimento)

Com excepção da segunda especial, em que se encontrava parcialmente molhada, a maioria dos quilómetros percorridos hoje, foram em piso seco. Um verdadeiro passeio de domingo para Sébastien Ogier.
Sem qualquer pressão, Sébastien Ogier limitou-se a levar o Polo R ao final, sendo ainda o mais rápido em duas das três especiais disputadas hoje, para obter a sua quarta vitória em Monte Carlo (a terceira no WRC) e os pontos máximos da Power Stage.

Andreas Mikkelsen venceu a segunda especial e ainda obteve mais um ponto extra na Power Stage. A segunda posição alcançada, foi o melhor resultado do norueguês em Monte Carlo.

Thierry Neuville foi rápido na primeira especial, menos bem na segunda e depois teve problemas de transmissão no Hyundai, ficando só com tração a duas rodas na Power Stage. De qualquer forma, o belga conseguiu terminar em terceiro na estreia do novo carro e tal como Mikkelsen, também ele obteve o seu melhor resultado em Monte Carlo.

Sem hipóteses de ir mais longe, Mads Østberg limitou-se a levar o único carro da M-Sport ao final, igualando a quarta posição pelo terceiro ano consecutivo. Na Suécia, o norueguês vai ter outra palavra a dizer.

Stéphane Lefebvre esteve rápido no último dia (empatou com Mikkelsen na Power Stage), levou o único Citroën ao final numa excelente quinta posição e obteve o melhor resultado de sempre num rally do WRC.

Apesar de não ter vencido qualquer troço, Dani Sordo foi o piloto mais rápido do dia e ainda conseguiu mais dois pontos na Power Stage. Os danos na suspensão após o toque na manhã de ontem, não permitiram ao espanhol fazer melhor do que a sexta posição – a mesma que alcançou em 2015.

A sétima posição para Ott Tänak também foi o melhor resultado de sempre para o estónio em Monte Carlo. Na Suécia será certamente mais competitivo, restando saber como será o comportamento dos pneus DMACK com pregos.

Apesar de dois pneus furados, Elfyn Evans dominou o WRC2 na estreia do novo motor montado no Fiesta R5. O galês fez um excelente rally (bem melhor do que o seu substituto), sendo um sério candidato ao título na classe.

Fora das contas do WRC2, Esapekka Lappi recuperou tempo nos últimos dois dias, chegando à nona posição da geral e segundo entre os R5, a 2m10,2s de Evans.

Armin Kremer perdeu uma posição para Lappi, mas manteve os pontos da segunda posição no WRC2, sendo um bom arranque de temporada para o piloto alemão.

Hayden Paddon terminou o seu primeiro Monte Carlo em rally2, mas na despedida do i20 2015, o neozelandês ficou com problemas num diferencial durante a Power Stage e ainda tinha de fazer a ligação final.

Ole Christian Veiby dominou o WRC3 no DS3 R3T Max, com quase 4 minutos de vantagem para Jordan Berfa num 208 R2. Na próxima semana, Veiby vai estrear-se ao volante de um Fabia R5, para preparar o Rally da Suécia.

No Clio European Trophy, Michaël Burri venceu a competição com apenas 13,8s de vantagem para Luca Rossetti e quase 2 minutos para Benoît Vaillant.

Jari-Matti Latvala foi multado em $5.000 por ter atropelado ontem um fotógrafo, numa saída de estrada. O piloto disse aos comissários que não tinha visto ninguém à frente do carro, devido ao muito fumo que saia do compartimento do motor, mas depois das imagens onboard terem sido analisadas, os comissários entenderam o contrário. Para além da multa, Latvala ficou com pena suspensa de ficar impedido de participar num rally do WRC, caso se repita esta situação.

VENCEDORES DE TROÇOS:
Sébastien Ogier (8); Kris Meeke (4); Andreas Mikkelsen (2); Thierry Neuville (2)
LÍDERES DO RALLY:
Sébastien Ogier (SS1); Kris Meeke (SS2 a 4); Sébastien Ogier (SS5 a 6); Kris Meeke (SS7); Sébastien Ogier (SS8 a 16)
dia 4

 

Scroll To Top