Terça-feira , Outubro 23 2018
ÚLTIMAS
Home / RALI / ÚLTIMA VITÓRIA DO ANO PARA KOCI E CEPTRO DA CATEGORIA WRC3 PARA TEMPESTINI
ÚLTIMA VITÓRIA DO ANO PARA KOCI  E CEPTRO DA CATEGORIA WRC3 PARA TEMPESTINI

ÚLTIMA VITÓRIA DO ANO PARA KOCI E CEPTRO DA CATEGORIA WRC3 PARA TEMPESTINI

Dominadores do princípio ao final do Rali de Gales/GB, Martin Koci e Lukas Kostka conquistaram a vitória na 6ª e última jornada do Campeonato do Mundo FIA Junior WRC. Este sucesso permitiu-lhes o estatuto de Vice-Campeões, atrás de Simone Tempestini e de Giovanni Bernacchini, dupla que neste fim de semana em terras britânicas garantiu, também, o título da categoria WRC3.

 

Desde o Shakedown que Martin Koci se mostrou o mais rápido entre os concorrentes do Campeonato FIA Junior WRC. Na sexta-feira de manhã, o piloto eslovaco conformou a sua boa forma ao assumir a liderança da prova logo desde a PEC1. Ficou, então, à frente de Yohan Rossel, Simone Tempestini, Vincent Dubert e William Wagner.

Na PEC3, Wagner abriu a lista de abandonos ao sair da estrada, tentando depois o regresso em Rally2 nos dias seguintes, mas o jovem francês não pode enriquecer a sua experiência devido a insolúveis problemas elétricos.Em evidência no início da prova, obtendo o melhor tempo na PEC2, Yohan Rossel viria a perder terreno progressivamente. Em dificuldades com as afinações demasiado duras, ao mesmo tempo que na chuva se intensificava, o jovem francês caiu para o 3º lugar, atrás de Simone Tempestini.

No final da 1ª Etapa, que representava mais de metade da quilometragem total do rali, Martin Koci tinha já mais de meio minuto de avanço sobre Simone Tempestini. Yohan Rossel estava a 1m39s do líder, seguido de Vincent Dubert, este já a mais de três minutos.

Na manhã seguinte, Koci continuou a sua evolução sem erros, enquanto Tempestini se via confrontado com uma perda de eficácia dos seus travões, que o fizeram perder progressivamente tempo para o seu rival. Vincent Dubert abanonava no início da PEC13, devido a um escape partido em consequência do sobreaquecimento do turbo e um princípio de incêndio sob o capot do DS 3 R3-MAX.

Finda a etapa, Martin Koci entrava, de novo, no Parque de Assistência de Deeside na condição de líder do Rali de Gales/GB, só que desta vez com um avanço para Tempestini na ordem dos dois minutos! Em terceiro, Rossel estava mais um minuto atrás.

Com seis curtas Especiais, o último dia da prova britânica do Junior WRC constituía um sprint final. Procurando roubar o 2º lugar a Simone Tempestini, Yohan Rossel assinou o melhor tempo nas cinco classificativas seguintes, para ficar a apenas 20 segundos do seu objetivo!

Depois de obter um 2º lugar em Portugal e na Alemanha, Martin Koci terminou a sua temporada com uma vitória, somando os pontos suficientes para garantir o 2º lugar do FIA Junior WRC 2016. Tendo regressando em Rally2 para esta última Etapa, Vincent Dubert terminou o rali no 4º lugar, posição que lhe permitiu subir ao lugar mais baixo do pódio do presente Campeonato.

Graças ao seu 2º lugar, Simone Tempestini, que desde o final da Volta à Córsega detinha já o estatuto de virtual Campeão FIA Junior WRC, assegurou aqui a sua segunda coroa do ano, conquistando o título da Campeão FIA WRC3. No próximo ano, o piloto italiano beneficiará de um programa de seis porovas do WRC2 ao volante de um DS 3 R5.

 

O QUE ELES DISSERAM…

 

Martin Koci: «Este foi um fim-de-semana perfeito para nós, pois estivemos na frente desde a primeira à última Especial. Estou muito feliz por vencer este rali, mas também por acabar em 2º no FIA Junior WRC. A minha única frustração vem do facto de ter faltado a um rali, senão penso que poderia ter incomodado um pouco mais o Simone! Esta temporada permitiu-me mostrar a minha velocidade de ponta e já estou a pensar no futuro. Espero poder ascender ao escalão seguinte, sendo que iremos trabalhar para conseguirmos correr no WRC2 no próximo ano.»

 

Simone Tempestini: «Após a conquista do FIA Junior WRC, o meu objetivo era juntar o título do WRC3 ao meu palmarés. No início da prova estava no ritmo do Martin mas os meus problemas com os travões obrigaram-me a ser cauteloso no sábado de manhã. O título do WRC3 esteve indefinido mesmo até final pois dependía do resultado de outros pilotos, mas agora estou muito satisfeito por ter atingido este objetivo complementar e estou já impaciente por começar a temporada de 2017 com a Citroën Racing.»

 

CLASSIFICAÇÃO FINAL – RALI DE GALES/GB (*)

 

1º          Koci / Kostka, 3h47m47,4s

2º          Tempestini / Bernacchini, a 2m05s

3º          Rossel / Fulcrand, a 2m26,6s

4º          Dubert / Coria, a 40m43s

 

 

CLASSIFICAÇÃO GERAL

 

1º          Simone Tempestini, 123 pontos

2º          Martin Koci, 82

3º          Vincent Dubert, 62

4º          Ole Christian Veiby, 62

5º          Terry Folb, 58

6º          Romain Martel, 40

7º          Yohan Rossel, 33

8º          Mohamed Al Mutawaa, 26

9º          Laurent Pellier, 25

10º        Juuso Nordgren, 15

11º        Lukas Pleniazek, 9

12º        Frédéric Hauswald, 8

13º        Andrea Crugnola, 2

 

(*) Sob reserva da publicação oficial dos resultados pela FIA

 

Scroll To Top