Domingo , Julho 22 2018
ÚLTIMAS
Home / VELOCIDADE / Vitória para a Veloso Motorsport e Luis Nunes na Falperra
Vitória para a Veloso Motorsport e Luis Nunes na Falperra

Vitória para a Veloso Motorsport e Luis Nunes na Falperra

Sucesso absoluto para Veloso Motorsport e Luis Nunes na Rampa Internacional da Falperra, com um brilhante triunfo na Categoria 4 a coroar um fim-de-semana pleno de dificuldades. O péssimo tempo, com muita chuva e muito vento, que se fez sentir ao longo do fim-de-semana nesta zona de Braga, foi um dos principais obstáculos a ultrapassar. A estes imponderáveis meteorológicos, juntaram-se ainda condicionantes desportivas que prejudicaram Luis Nunes no dia de Sábado.

 

Luis Nunes respondeu com uma excelente prestação a todos estes contratempos de origem externa, conseguindo o seu segundo triunfo do ano, o que o deixa em boas condições para lutar pelo título.

“De facto é assim, estas duas provas correram muito bem e as duas vitórias conseguidas dão-me uma “almofada” pontual que não esperava ter nesta altura, até porque como referi, há carros mais potentes nesta categoria e por isso com alguma vantagem teórica. Não me vou fixar a pensar no título, falta ainda muito para terminar o campeonato, por isso lá mais para a frente vê-se.”
O traçado da rampa de Falperra mostrou-se sempre muito “traiçoeiro” ao longo do fim-de-semana, mas isso não impediu Luis Nunes de atacar sempre. “Não foi fácil sobretudo no Sábado, a pista estava muito suja e eram muitos os rios de águas que atravessavam a pista, pelo que foi complicado andar depressa. Tive um carro sempre em topo de forma e eu fiz o meu papel o melhor que soube e pude, felizmente isso foi suficiente para vencer.”
Depois de estar sempre entre os dois primeiros nas subidas de treinos, Luis Nunes foi surpreendido na primeira subida oficial, disputada no final da tarde de sábado, com a presença de um carro acidentado e muitas bandeiras amarelas na curva onde se deu o acidente, pelo que optou por reduzir o andamento, cumprindo com as normais medidas de segurança para situações deste género.
“Na primeira subida a contar, um acidente de outro concorrente provocou uma situação de bandeiras amarelas e por isso perdi muito tempo. Quando pensava que iria repetir a subida, como é regulamentar nestes casos, fui surpreendido pela decisão da organização em não permitir essa repetição, algo que a meu ver está muito errado. Felizmente estive bem nas duas subidas de Domingo e foi possível vencer, caso contrário teria sido muito injusto.” Disse a terminar Luis Nunes.
Dentro de três semanas Luis Nunes regressa ao activo com a Veloso Motorsport, para disputar a Rampa da Covilhã – Serra da Estrela, terceira jornada do Campeonato Nacional de Montanha Valvoline.

 

 

Scroll To Top