Quarta-feira , Agosto 23 2017
ÚLTIMAS
Home / RALI / WRC: RALIS EUROPEUS’ MAIS PEQUENOS… PARA HAVER MAIS (por Autosport)
WRC: RALIS EUROPEUS’ MAIS PEQUENOS… PARA HAVER MAIS (por Autosport)

WRC: RALIS EUROPEUS’ MAIS PEQUENOS… PARA HAVER MAIS (por Autosport)

Segundo o Autosport inglês a FIA poderá diminuir a extensão de alguns ralis europeus do Mundial de Ralis de modo a poder manter um calendário alargados de provas. A prova chinesa que foi anulada em virtude de cheias que destruíram estradas – como se não houvesse dinheiro na China, se existisse verdadeira vontade que a prova do WRC se realizasse – deverá ‘regressar’ ao calendário de 2017, mas a FIA está com dificuldades com uma eventual prova a retirar e por isso pensou nesta solução.

A ideia passa por ter ralis de dia e meio e 250 Km de extensão, de modo a que possa haver espaço no calendário para ter mais uma prova e dessa forma poder acolher a China, sem a polémica deste ano, pois chegou mesmo a haver equipas que disseram que não iam à China, e a FIA teve que atrasar ao máximo a publicação da regulamentação do campeonato de modo a chegar a acordo com as equipas.

Desta feita, Jarmo Mahonen, diretor de Ralis da FIA diz que esta é uma saída para o problema: “Já estamos a falar com os ralis de modo a ver se há a possibilidade de terem apenas 250 km, e a decorrerem em dia e meio. Isto poderia permitir ter mais ralis no campeonato. Temos que experimentar esta fórmula um par de anos, mas não desistimos de nos tornar mais globais pois para isso acontecer é preciso que alguns ralis europeus desapareçam”, disse Mahonen.

Contudo, o problema da FIA é mais na Ásia do que na Europa, pois apesar de haver vários países com vontade de entrar, tal como Mahonen confessa, não há grandes possibilidades disso acontecer: “Só alternando, pois não podemos ter tantos ralis na Ásia-Pacífico”, disse. Os ralis são a China, Japão (fala-se num regresso), Malásia, Coreia, Austrália e Nova Zelândia. Neste caso não há dúvidas, só com um sistema de rotação.

 

Fonte:Autosport

 

Scroll To Top