Terça-feira , Outubro 17 2017
ÚLTIMAS
Home / RALI / WRC Vodafone Rally de Portugal regressa com novidades
WRC Vodafone Rally de Portugal regressa com novidades

WRC Vodafone Rally de Portugal regressa com novidades

O melhor rali do mundo está de regresso à região Norte de 19 a 22 de maio com grandes novidades. Face ao êxito recorde registado no ano passado, a prova renova-se para oferecer às centenas de milhares de adeptos um espetáculo sem precedentes.

De novo sedeado em Matosinhos, nas instalações da Exponor, o WRC Vodafone Rally de Portugal apresenta três inovações na edição deste ano.

Dia 20, uma fórmula inovadora permite o Porto Street Stage, com duas passagens por uma classificativa espetáculo centrada na Avenida dos Aliados e desenhada ao longo de 1850 metros em vários arruamentos adjacentes. Os espetadores vão poder assistir a duas provas de classificação no mesmo espaço e praticamente em simultâneo.

Para o último dia, duas alterações significativas: as classificativas de Fafe e Vieira do Minho mantêm-se, mas esta última passa a contar com duas passagens. Para isso, o troço foi encurtado em cerca de 10km e a terminar à entrada da povoação de Angra.

A entrega de prémios aos vencedores do WRC Vodafone Rally de Portugal vai ter lugar na Marginal de Matosinhos, permitindo uma festa de luz e cor com o mar a servir de cenário.

Com uma extensão total de 1.684km, dos quais 368km competitivos distribuídos por 19 classificativas, o WRC Vodafone Rally de Portugal afirma-se com um modelo contemporâneo, compacto e perfeitamente adaptado às expetativas da FIA, do promotor e dos participantes.

Quatro dias intensos

Tal como na edição de 2015, a manhã de quinta-feira, dia 19, é reservada ao shakedown, que se disputa no concelho de Paredes, com as últimas centenas de metros a decorrerem no interior das instalações do Kartódromo de Baltar.

A partida do Rali acontece ao final da tarde, novamente em Guimarães, tendo como pano de fundo o Castelo que representa o berço da nacionalidade.

Os concorrentes seguem depois para a pista de ralicross de Lousada onde, a partir das 19h, tem lugar a única “Super Especial” do rali, com dois carros a correrem em simultâneo em pistas paralelas e espetáculo garantido para dezenas de milhares de pessoas.

Na sexta-feira, dia 20, a prova desloca-se para o Alto Minho, com três classificativas – as já conhecidas Ponte de Lima, Caminha e Viana do Castelo, contando cada uma com dupla passagem dos concorrentes, a primeira de manhã e a segunda durante a tarde.

Ao final da tarde, a partir das 19h00, realiza-se o Porto Street Stage, uma das grandes novidades do rali e que integra as provas de classificação 8 e 9.

No sábado, dia 21, a caravana do WRC avança para a zona do Marão, com uma dupla passagem por três troços diferentes, igualmente reconduzidos da edição anterior – Baião, Marão e Amarante, sendo este o mais longo de toda a prova, com 37,67 km.

A cerimónia final de consagração dos vencedores do Vodafone Rally de Portugal 2016 acontece num local emblemático de Matosinhos, na Marginal, a partir das 16h.

“FUN” mas com segurança

Em quatro troços do rali – Caminha, Baião, Amarante e Vieira do Minho – os adeptos têm à sua disposição uma zona espetáculo especial, designada “FUN ZONE”. O público pode aceder a cada uma destas “FUN ZONE” a partir da noite anterior à prova.

Um tema fundamental para o êxito do Rally de Portugal é a segurança da prova e, em particular, a segurança do público. A presença do público só é permitida em locais escolhidos pela organização em função de critérios como acessibilidade, visibilidade, espetacularidade e segurança, locais esses previamente preparados para os receber.

Manter o Vodafone Rally de Portugal no WRC é responsabilidade de todos.

Prova candidata à Excelência do FIA Institute

Sendo uma das provas do Mundial que conta com mais espetadores, o Vodafone Rally de Portugal procura constituir um exemplo também em termos de prática ambiental. Nesse sentido, o ACP estabeleceu há vários anos com o Ministério do Ambiente, através da Agência Portuguesa do Ambiente, uma parceria com vista a minimizar os impactos ambientais causados pela prova.

A coroar os esforços do ACP nesta matéria, o Vodafone Rally de Portugal 2016 é uma das primeiras provas do Mundial da especialidade a candidatar-se ao mais elevado nível de certificação ambiental do FIA Institute: o grau de Excelência.

Retorno económico recorde em 2015

O Rally de Portugal é um evento cuja importância excede em muito a sua dimensão desportiva, enquanto prova de referência integrada num campeonato mundial de grande projeção.

Na edição de 2015, segundo o estudo elaborado por um instituto especializado independente, o impacto positivo direto na economia da região onde a prova se desenrolou foi de 65,2 milhões de euros, um número muito significativo, sobretudo se tivermos em conta que quase metade desta receita correspondeu a exportação de serviços, uma vez que os gastos foram realizados por pessoas ou entidades residentes no estrangeiro.

A par do retorno em termos de notoriedade internacional para a região Norte, medido pela exposição nas diversas cadeias de televisão, o total do impacto económico total do Vodafone Rally de Portugal cifrou-se em mais de 127 milhões de euros.

 

Scroll To Top