Sexta-feira , Dezembro 14 2018
ÚLTIMAS
Home / VELOCIDADE / 12 horas de contrariedades para Álvaro Parente
12 horas de contrariedades para Álvaro Parente

12 horas de contrariedades para Álvaro Parente

 

O Acura NSX GT3 de Álvaro Parente terminou as 12 Horas de Sebring no oitavo posto, depois de ter estado ao longo da maior parte da clássica americana na luta pelos lugares do pódio.

A segunda ronda da Taça Americana de Endurance foi, tal como já acontecera em Daytona, bastante disputada, com diversos carros a passarem pelo comando da classificação ao longo do meio dia de prova e o Acura NSX GT3 número oitenta e seis da Michael Shank Racing foi um dos protagonistas, estando na discussão pelas posições do pódio.

Contudo, numa corrida tão longa, são muitas as condicionantes e, por vezes, uma situação de bandeiras amarelas no momento errado acaba por impedir que a classificação reflicta cabalmente a performance da equipa.

O carro japonês dividido por Álvaro Parente, Trent Hindman e Katherine Legge mostrou-se muito competitivo, mas na bandeirada de xadrez, fruto das circunstâncias, o oitavo lugar acabou por ser o resultado possível. “O final da corrida não nos correu como gostaríamos. Gostava de ter conseguido um melhor resultado pelo esforço que a equipa realizou ao longo de todo o fim-de-semana. Demostrámos um bom ritmo em todo o evento e cair na classificação tão perto do final foi desapontante. O Acura NSX GT3 esteve muito bom, tivemos paragens nas boxes muito rápidas e quero agradecer à Michael Shank Racing pelo trabalho que desenvolveu durante o evento”, afirmou o português após as 12 Horas de Sebring.

Álvaro Parente está seguro de que o resultado menos entusiasmante na prova deste fim-de-semana não passa de um episódio sem continuação, estando confiante de que na próxima etapa da competição o trio do Acura NSX GT3 número oitenta e seis voltará aos bons resultados, como demonstrou nas 24 Horas de Daytona, quando assegurou o segundo posto entre os GTD. “Quando entramos numa corrida, o nosso objectivo passa sempre por lutar pelas posições cimeiras, mas desta vez a sorte não esteve pelo nosso lado. Sabemos que temos um carro competitivo, uma equipa forte e um bom trio de pilotos, portanto, estamos conscientes de que, se tudo correr normalmente, nas próximas provas estaremos de volta aos lugares da frente”, garantiu o portuense.

O próximo evento da Taça Norte-Americana de Endurance são as 6 Horas de Watkins Glenn, que se disputam entre 28 e 1 de Julho. Porém, já no próximo fim-de-semana Álvaro Parente terá mais uma etapa do Pirelli World Challenge, desta feita no Circuit of the Americas.

Foto: Brian Cleary

 

Scroll To Top