Sábado , Maio 30 2020
ÚLTIMAS
Home / TODO-O-TERRENO / Sabor agridoce para Alexandre Franco em Loulé
Sabor agridoce para Alexandre Franco em Loulé

Sabor agridoce para Alexandre Franco em Loulé

 

 

Alexandre e Rui Franco estiveram em plano de evidência na Baja de Loulé, mas a dupla da Scuderia Goldentrans/DURA ficou pelo caminho a cerca de quarenta quilómetros do final, depois de ter rodado sempre entre os mais rápidos.

 

A temporada não está a correr de feição a Alexandre e Rui Franco com o BMW Série 1 Proto da Scuderia Goldentrans/DURA, mas a dupla de Alenquer fez uma prova notável na Baja de Loulé. Com o BMW a mostrar-se cada vez mais competitivo, a dupla alenquerense ultrapassou várias “barreiras” de pó ao longo da prova, chegando a rodar muito próximo do quarto lugar, mas a sorte voltou a não estar do seu lado, acabando por ficar pelo caminho a pouco mais de quarenta quilómetros do final.

 

O piloto apoiado pela Goldentrans e pela DURA Automotive Systems começou por dizer que “a sorte voltou a não estar connosco, contundo penso que logo no sábado estivemos muito bem com uma boa prestação no prólogo. Não fosse o pó que apanhámos do concorrente que saía à nossa frente, poderíamos ter beneficiado de uma melhor posição para o primeiro sector de domingo…e isso acabou por condicionar a nossa corrida. Entrámos com um excelente ritmo no sector de duzentos quilómetros e penso que foi talvez dos sectores onde mais disfrutei até hoje, mas cedo entrámos no pó do concorrente que seguia no quinto posto. Fizemos vários quilómetros nessas condições e quando o passámos começámos a recuperar tempo ao quarto classificado, até que num gancho o BMW Série 1 Proto foi abaixo…e demorou cerca de dez minutos para voltar a pegar devido a um problema no motor de arranque. No sector da tarde voltámos a entrar bem, mas uma rótula de direcção viria a pregar-nos uma partida e fomos obrigados a abandonar”.

 

O piloto de Alenquer contava que “é claro que no final o sentimento é algo agridoce, pois disfrutámos daqueles que para nós são indiscutivelmente os melhores troços do país, pelo que felicitamos a organização pelo fantástico traçado que escolheram. A dada altura no meio das várias notas, o meu irmão questionava-me se não estaríamos a andar rápido demais, mas respondi-lhe que era criminoso andar devagar nestes troços. Agora que venha a próxima prova, porque aquilo que não nos derruba, só nos torna mais fortes”.

 

A próxima prova será a Baja TT do Pinhal, prova organizada pela Escuderia Castelo Branco e que terá lugar nos dias 17 e 18 de Junho.

 

Scroll To Top