Domingo , Dezembro 16 2018
ÚLTIMAS
Home / RALLYCROSS / 8º título para Pedro Rosário
8º título para Pedro Rosário

8º título para Pedro Rosário

O Campeonato Nacional de Kartcross prosseguiu em Mação onde decorreu a 6ª ronda da época com a 51ª edição do Ralicross de Mação! A prova que esteve a cargo do Clube Automóvel de Mação contou naturalmente com a presença de Pedro Rosário e a sua equipa Energia Racing, entre os aproximadamente 50 inscritos que alinharam na prova nas diversas categorias.

O piloto de Coimbra esteve uma vez mais imparável e dominou as três corridas de qualificação, que lhe garantiram a pole para a decisiva final e com os pontos obtidos somar os pontos necessários para a garantia do título de 2017.

Para a final, o piloto do Semog Bravo ER partiu sem pressões quanto a resultados e desfrutou de uma corrida intensa, bem disputada, onde o top 5 rodou a um excelente ritmo, com Pedro Rosário, a garantir a 2ª posição final!

Apesar de faltar ainda uma prova para o concluir da época, Pedro Rosário conquistou já ‘virtualmente’ o seu 8º título de Campeão Nacional de Kartcross, o 7º consecutivo, algo inédito e que comprova todo o valor do piloto em pista, assim como da sua equipa técnica, que lhe dispõe prova a prova um Semog que prima pela competitividade e fiabilidade!

Em jeito de balanço, Pedro Rosário salienta, “ este novo título, traz um sentimento de orgulho pelo meu desempenho ao longo do campeonato e pela equipa que me acompanha. Está a ser o campeonato com a maior lista de inscritos dos últimos anos e terminada a penúltima prova do ano com a conquista do 8º Título de Campeão Nacional é um motivo de grande satisfação. Reforço que a conquista deste campeonato foi muito exigente, com os nossos adversários a melhorar os seus carros e a sua condução, em que as diferenças de tempos era feita ao milésimo, sem dúvida uma época fantástica para o Kartcross!

Fica um agradecimento especial à minha família, à Equipa Energia Racing, aos meus amigos de Castelo Branco e das Caldas da Rainha, à Motoclinic, à SEMOG e à Pro-Bike (Extremetech). Sem eles era impossível o desempenho que temos tido ao longo destes anos.”

 

Scroll To Top