Sexta-feira , Dezembro 14 2018
ÚLTIMAS
Home / RALI / A CITRÖEN NOS DOIS PRIMEIROS LUGARES
A CITRÖEN NOS DOIS PRIMEIROS LUGARES

A CITRÖEN NOS DOIS PRIMEIROS LUGARES

 

Mads Østberg/Torstein Eriksen e Craig Breen/Scott Martin dominaram a primeira Etapa do Rali da Austrália, a bordo dos seus C3 WRC. A performance das duas formações ficou bem à vista na mais longa Especial do dia: Østberg foi o mais rápido na primeira passagem e Breen fez o mesmo na segunda passagem. Assim, a Citroën encerrou o primeiro dia no comando da prova, ocupando, respetivamente, o primeiro e segundo lugares à Geral.

 

O ponto alto da primeira Etapa do rali (101,68 km), cuja parte final foi disputada quase sem chuva, foi a Especial de Sherwood (26,68 km), com o seu perfil tipicamente australiano: estradas largas e rápidas, com os carros num ziguezague constante numa longa série de curvas que fizeram as delícias dos espetadores.

 

Foi em estradas com este grau de dificuldade que as formações da Citroën Total Abu Dhabi WRT, aproveitando ao máximo os seus lugares na ordem de partida (8º para Breen e 11º para Østberg), exibiram os seus dotes de condução, bem como as qualidades dos seus carros. Com 2,4 segundos de diferença para o líder à partida para a Especial mais longa, Mads Østberg garantiu a vitória na primeira passagem (ES3) e assumiu o comando da prova. Por sua vez, o seu colega de equipa Craig Breen terminou a Especial no segundo lugar e subiu para o quarto lugar à Geral.

 

Embora tenham trocado de posições na segunda passagem pelo troço (ES6), realizada da parte da tarde, os dois pilotos da Citroën voltaram a exibir uma excelente performance. Desta vez, foi Breen o vencedor da Especial, o que lhe permitiu passar para o terceiro posto e garantir um bom lugar na ordem de partida para a segunda Etapa (9º), enquanto Østberg fortalecia a sua posição na liderança à Geral. Craig Breen ainda teve tempo para reforçar o excelente desempenho da equipa ao rubricar o segundo lugar nas duas Super Especiais que encerraram o dia, colocando o “Exército Vermelho” nos dois primeiros lugares à Geral no final da primeira Etapa.

 

A Etapa mais longa do rali ainda está para vir, com nada menos que 133 km de troços cronometrados para realizar amanhã (sábado), ao longo de 10 Especiais. As dificuldades desta segunda Etapa de amanhã incluem a famosa Especial de Nambucca, este ano dividida em duas secções (Argents Hill Reverse e Welshs Creek Reverse), e previsões meteorológicas que apontam para condições de instabilidade…

 

O QUE ELES DISSERAM…

Pierre Budar, Diretor da Citroën Racing: “Foi, obviamente, um excelente dia para nós, arrancando com o mesmo nível de performance que tivemos em Espanha. Os nossos pilotos estiveram muito bem nos C3 WRC e conseguiram ser rápidos e consistentes. Estão ambos extremamente bem posicionados para o resto do rali. Agora, temos de manter o ritmo e esperar que a chuva não nos traga muitos problemas…”

 

Craig Breen: “Com exceção da primeira Especial, onde nem sempre me senti à vontade, a primeira Etapa correu-me bem. Andámos sempre no grupo da frente durante todo o dia, como ficou comprovado pela nossa vitória na Especial mais longa. O mais importante é que isso nos permitiu ganhar um lugar na ordem de partida para amanhã. Estou ansioso por voltar à estrada, pois tudo aponta para que a segunda Etapa seja o melhor dia de todo o fim de semana.”

 

Mads Østberg: “Pensei que ia precisar de tempo para voltar a habituar-me ao carro, pois já não o conduzia desde o Rali de Gales, mas a verdade é que recuperei a confiança muito rapidamente. Tudo aconteceu gradualmente e fui ajustando a minha condução troço a troço. Gostei imenso do dia e senti imenso prazer na condução. Uma coisa é certa, esforçámo-nos bastante mas não corremos quaisquer riscos. Estamos bem posicionados e estou decidido em manter esse estatuto.”

 

RALI DA AUSTRÁLIA – CLASSIFICAÇÃO DA 1ª ETAPA

  1. Ostberg / Eriksen (Citroën C3 WRC) 53:37.4
  2. Breen / Martin (Citroën C3 WRC) +6.8
  3. Latvala / Anttila (Toyota Yaris WRC) +8.7
  4. Paddon / Marshall (Hyundai i20 WRC) +12.5
  5. Tänak / Järveoja (Toyota Yaris WRC) +16.9
  6. Lappi / Ferm (Toyota Yaris WRC) +28.3
  7. Ogier / Ingrassia (Ford Fiesta WRC) +38.2
  8. Evans / Barritt (Ford Fiesta WRC) +45.2
  9. Suninen / Markkula (Ford Fiesta WRC) +47.2
  10. Neuville / Gilsoul (Hyundai i20 WRC) +1:11.9

 

Scroll To Top