Sexta-feira , Dezembro 14 2018
ÚLTIMAS
Home / TODO-O-TERRENO / AC Nissan Proto na pole para a maratona de 24 horas
AC Nissan Proto na pole para a maratona de 24 horas

AC Nissan Proto na pole para a maratona de 24 horas

 

Alexandre Andrade, Cédric Duple, Yann Morize e Alexandre Beaujon foram os mais fortes na sessão de treinos cronometrados que definiu a grelha de partida para as AFN 24 Horas TT Vila de Fronteira. Ao volante do AC Nissan Proto, o quarteto luso-francês estabeleceu a marca de 9m46,301s e deixou Pedro Dias da Silva, Adam Bomba, Marcin Lukaszewski e Jacek Sobon, em BMW Proto Propulsion na segunda posição, a menos de dois segundos de diferença. A terceira equipa mais rápida foi a de Jean Christophe Brochard, Michael Caze, Thomas Prive e Sébastien Guyette que, em Caze Competition Tomahawk, precisou de mais 16,577s para cumprir os 17 quilómetros do Terródromo.

“Os treinos correram muito bem. A pista está espectacular. Só não conseguimos fazer um tempo mais baixo porque perdemos tempo com outros concorrentes que estavam no circuito. Acredito que se isso não tivesse acontecido, teria feito um tempo parecido com o do recorde da pista”, afirmou Cédric Duple, um dos pilotos do AC Nissan Proto e o detentor do registo mais baixo da pista alentejana conseguido em 2015.

Numa sessão marcada pelo sol e pelo céu limpo, os mais de 80 concorrentes procuraram o melhor lugar para a grelha de partida das AFN 24 Horas TT Vila de Fronteira que começam amanhã, às 14 horas. Nesta edição houve apenas duas equipas a rodar abaixo dos dez minutos. Todas as outras precisaram de mais tempo para percorrer o percurso que tem, apenas, uma alteração junto a uma passagem pela ribeira que atravessa o circuito.

Mário Andrade, que regressa a Fronteira como piloto, conseguiu o quarto registo nos treinos cronometrados. O piloto que este ano faz equipa com Paulo Marques, Benjamin Bujon e Hélder Pimenta no MMP Evo ficou à frente do Nissan Springbok de Andre Bastet, Richard Bastet e George Da Cruz. Esta equipa lidera entre os carros da categoria T1. A formação dos antigos campeões nacionais de TT, Filipe Campos e Ricardo Porém, não foi além do quinto tempo. A dupla é, em conjunto com Alexandre Ré e Victor Conceição, a melhor equipa totalmente portuguesa na grelha de partida das AFN 24 Horas TT Vila de Fronteira.

Os vencedores de 2017, Igor Skoks, Rudolfs Skoks e Arvis Pikis, vão sair mais atrás. A formação que vem da Letónia, não conseguiu colocar o Mitsubishi Pajero numa posição melhor do que o 13º posto.

Cumpridos os treinos cronometrados, os concorrentes têm nova sessão de treinos livres, que começa às 17h15, para poderem adaptar-se à pista sem luz natural.

 

Scroll To Top