Sexta-feira , Abril 26 2019
ÚLTIMAS
Home / VELOCIDADE / Álvaro Parente e Miguel Ramos celebram título com novo pódio
Álvaro Parente e Miguel Ramos celebram título com novo pódio

Álvaro Parente e Miguel Ramos celebram título com novo pódio

 

Álvaro Parente protagonizou mais uma performance de elevado nível e após uma recuperação notável, levou o McLaren 650S da Teo Martín que partilha com Miguel Ramos até ao pódio na derradeira corrida da temporada do International GT Open, que se realizou hoje em Barcelona.

Depois de ontem a dupla portuguesa ter conquistado o ceptro deste ano da competição, para este domingo o objectivo era garantir mais um bom resultado de forma a concluir uma época extraordinária com a cereja no topo do bolo.

Com um handicap de trinta segundos e a arrancar do oitavo posto, a tarefa afigurava-se complicada, mas Miguel Ramos conseguiu manter um ritmo vivo, subindo até ao sexto lugar integrado num grupo muito aguerrido.

Quando entregou o McLaren 650S a Álvaro Parente, a dupla ao serviço da Teo Martín Motorsport caiu para o décimo posto, fruto do handicap, mas o piloto da McLaren GT não baixou os braços.

Encetou uma recuperação admirável, chegando a ser quatro segundos por volta mais rápido que os primeiros classificados e galgando posições rapidamente. Já perto do final, Álvaro Parente desfeiteou o terceiro classificado, garantindo mais uma subida ao pódio.

“O Miguel realizou um bom turno, deixando-nos ainda com possibilidades de podermos chegar ao pódio, apesar do handicap máximo que carregávamos. O McLaren 650S estava muito bom e pude atacar do princípio ao fim do meu stint e consegui recuperar posições. Terminámos no terceiro posto, o que nos permitiu subir mais uma vez ao pódio e terminar de uma boa forma uma época excepcional”, enfatizou Álvaro Parente verdadeiramente feliz com o resultado de hoje.

A subida ao pódio deste domingo marcou o fim de uma temporada notável de toda a equipa, que foi reiniciada este ano, concluída com a conquista de um merecido ceptro, após dez classificações entre os três primeiros, sete delas consecutivas, e três vitórias. “Foi um campeonato brilhante! Fomos sempre muito competitivos e fiáveis e a prestação de todos os membros da Teo Martín Motorsport foi determinante para que isso acontecesse. Também a McLaren GT foi preponderante no nosso conjunto de resultados ao nos colocar nas mãos um carro fiável e com um potencial extraordinário – o McLaren 650S. O Miguel foi um colega de equipa de grande nível, protagonizando performances que nos permitiram construir as classificações que nos levaram ao título. A forma coesa como todos nós nos mantivemos ao longo de uma época muito difícil e com adversários muito fortes foi determinante para o sucesso que alcançámos. Obrigado a todos”, concluiu Álvaro Parente.

 

Scroll To Top