Sábado , Fevereiro 16 2019
ÚLTIMAS
Home / VELOCIDADE / Álvaro Parente termina “GT América” no pódio
Álvaro Parente termina “GT América” no pódio

Álvaro Parente termina “GT América” no pódio

 

Álvaro Parente terminou a temporada do Pirelli World Challenge, que teve como pano de fundo o circuito de Watkins Glen, com uma merecida subida ao pódio.

O português mostrou competitividade desde o primeiro dia do evento do circuito situado no Estado de Nova Iorque e na qualificação assegurou o terceiro posto na grelha de partida, o que lhe abria excelentes perspectivas para a prova de sábado.

O piloto do Bentley Continental GT3 número nove da K-PAX Racing não teve um bom arranque para a corrida de cinquenta minutos e caiu para quinto. Isso não o impediu de lutar e recuperar até terceiro, parecendo estar a caminho de um pódio. Contudo, a pouco mais de três minutos da bandeirada de xadrez, um pneu do seu carro cedeu, obrigando-o a abandonar.

Para a prova de domingo, a derradeira da temporada, Álvaro Parente voltava a arrancar do terceiro posto da grelha de partida, fruto de ter assinado a terceira volta mais rápida da corrida de sábado. A primeira curva foi bastante movimentada com piões e toques, mas o português manteve o terceiro posto, passando a pressionar o segundo classificado.

O piloto do Bentley amarelo tentou encontrar uma forma de desfeitear o seu adversário ao longo de toda a corrida, mas este defendeu-se muito bem, apesar de diversos e intensos ataques lançados por Álvaro Parente, que cruzou a linha de meta no terceiro lugar. “A corrida de ontem foi desapontante. O pódio estava ao nosso alcance, mas um furo atirou-nos para o abandono. Na prova de hoje, o arranque foi muito confuso, mas mantive a minha posição. Dei tudo para conquistar o segundo, mas o meu adversário defendeu-se muito bem e não me foi possível ganhar a posição. Mas foi um resultado positivo”, salientou o português.

Depois de uma temporada com inúmeras contrariedades e incidentes, Álvaro Parente vê neste pódio, uma boa forma de terminar a competição que venceu em 2016, o ano da sua estreia. “Foi uma época difícil, com acidentes e pequenos azares que nos impediram de concretizar o nosso potencial. Vencemos corridas, subimos ao pódio diversas vezes, mostrando que eramos competitivos. Este pódio de hoje é a prova disso mesmo, que em circunstâncias normais estaríamos consistentemente na luta pelos lugares da frente”, frisou o português.

Apesar de ter terminado a temporada de 2018 do Pirelli World Challenge, Álvaro Parente continua a sua época e no próximo fim-de-semana tem mais uma ronda do IMSA SportsCar Championship, desta feita em Laguna Seca.

 

Scroll To Top