Quinta-feira , Junho 4 2020
ÚLTIMAS
Home / BLOG / am Racing Team inicia a Baja de Loulé com toda a segurança mas ambiciona terminar entre os melhores
am Racing Team inicia a Baja de Loulé com toda a  segurança mas ambiciona terminar entre os melhores

am Racing Team inicia a Baja de Loulé com toda a segurança mas ambiciona terminar entre os melhores

 

 

O am Racing Team, iniciou esta tarde a sua participação na Baja de Loulé, enfrentando um prólogo difícil e muito poeirento, a que se juntou o facto da equipa Alexandre Mota / Aníbal Mendonça, fazer, já em competição, os primeiros quilómetros aos comandos do Nissan Proto, que não rodou depois de Reguengos, pois foi terminado em cima da hora, para poder alinhar na terceira prova do Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno.

Limitados por este facto, piloto e navegador, fizeram no prólogo os quilómetros previstos para o teste de 5a Feira passada, pelo que foi adoptado um andamento cauteloso, principalmente na primeira passagem, já que o traçado, bastante traiçoeiro, isso mesmo recomendava.

Na primeira passagem, a equipa realizou o 13o tempo absoluto, a 1m20 do melhor colocado e na segunda passagem a prestação da equipa foi bastante melhor – menos cerca de 23 segundos do que na passagem anterior – garantindo o 10o tempo, que lhes permitirá partir para a segunda etapa, na 11a posição.

Para Alexandre Mota “foi um prólogo difícil, para o qual partimos com algumas cautelas, pois serviu de teste para o carro, uma vez que apenas ficou pronto ontem ao final do dia.

De qualquer forma, o que conseguimos aprender nos primeiros nove quilómetros, serviu para ficarmos mais confiantes e arriscarmos um pouco mais na segunda passagem.

Mais à vontade, andámos depressa e isso mesmo refletiu-se numa melhoria substancial do nosso tempo, já que tirámos cerca de 23 segundos à primeira passagem e passámos de 13o para 10o, o que nos garantiu a partida na 11a posição, para a etapa de amanhã.

Conhecendo melhor o carro e sabendo da dureza da prova, vamos agora tentar fazer o nosso melhor na segunda etapa. O piso é bastante abrasivo e teremos que estar bem atentos, tentando evitar erros e principalmente os furos.”

Para amanhã, o “menú” é bastante interessante; 283,530 Km, com partida e chegada a Cortelha, passando por locais místicos da prova algarvia, como Alcoutim, Martinlongo e Almodôvar. A partida está prevista para as 9h50m e a chegada / pódio, para as 18h00, no centro de Loulé, na Praça da Républica.

Classificações em:

http://cntt.cronobandeira.com/index.php?lang=0&evento=1&local=120&rfr=1&idx=1

 

Scroll To Top