Quinta-feira , Maio 23 2019
ÚLTIMAS
Home / VELOCIDADE / André Castro Pinheiro corre com um Jaguar XJS V12 no Group 1
André Castro Pinheiro corre com um Jaguar XJS V12 no Group 1

André Castro Pinheiro corre com um Jaguar XJS V12 no Group 1

Após 3 anos a correr na Formula FORD, André Castro Pinheiro passa em 2019 para as corridas de clássicos (Group 1), ao volante de um potente Jaguar XJS V12.

A estreia será já no próximo fim de semana (4/5 Maio), no BRAGA SUPER RACING SERIES, a realizar no Circuito Vasco Sameiro.

A construção do carro e assistência técnica ficou a cargo da PERES Competições e o projecto conta com o apoio da KAESER Compressores.

Este projecto nasce da paixão por automóveis, por corridas e pela marca Jaguar. Funciona à volta de um automóvel de corridas exclusivo, com uma história e herança riquíssima dos anos 80/90 e que contribuirá para engrandecer a grelha do Troféu Group 1. Será, com certeza, uma das grandes atracções dos circuitos por onde o troféu vai passar.

O plano é realizar todas as provas e participar também no Caramulo Motor Festival.

O Projecto – Jaguar XJS V12

O automóvel utilizado neste projecto tem um motor de 12 cilindros em V (60º) com 5.343 cc de cilindrada, debitando cerca de 300 cv às rodas traseiras. Foi totalmente restaurado, cumprindo as normas de Grupo 1, e encontra-se em estado de concurso.

Não pretende ser uma réplica dos Jaguar TWR, mas sim evocá-los e trazer à memória aquelas ‘máquinas’ fantásticas, que tanto sucesso tiveram nos anos 80. Será o único V12 a correr em Portugal, desde há muitos anos!

Vai participar com a matrícula original inglesa (ULB 241X), de forma a reforçar a sua identidade e criar o seu próprio palmarés desportivo.

A marca Jaguar, as linhas inconfundíveis deste coupé, o potente motor (V12) e o estado irrepreensível em que vai correr fazem deste Jaguar V12 um dos grandes destaques de 2019.

O Piloto – André Castro Pinheiro

Desde sempre com uma paixão por automóveis e corridas, só em 2016 é que André Castro Pinheiro conseguiu alinhar todos os factores necessários a competir neste desporto. E fê-lo de forma audaz, ao se estrear na Formula FORD, uma categoria considerada a ‘escola’ de grandes campeões como Ernesto Neves, Pedro Lamy, Ayrton Senna, Michael Schumacher, entre muitos outros.

Após 3 anos de muita aprendizagem nesta categoria, em que conseguiu vários podiums e obteve o 3.º lugar final da Rookies Cup (2016 e 2017), decidiu este ano passar para os automóveis clássicos, optando pelo Troféu Group 1 e desenvolvendo um projecto de restauro total do Jaguar XJS V12.

Segundo André CPdepois de 3 épocas a correr de Formula FORD, a progressão teria de passar por um carro moderno de competição (TCR ou GT4), ou por um clássico potente e competitivo. A paixão por estes últimos –  carros clássicos, de tracção traseira e ingleses –  levou a que a decisão fosse muito fácil e rapidamente comecei a procurar um Jaguar que fosse uma boa base de partida para este projecto, cujo restauro e preparação demorou mais de 1 ano

 

A Equipa – Peres Competições

O projecto de restauro, assim como a assistência técnica em todas as provas, serão assegurados pela equipa Peres Competições, uma equipa muito competitiva, com vários anos de experiência e um palmarés invejável.

 

O Group 1 Portugal    

O Group 1 Portugal é um Troféu nacional de velocidade, de automóveis clássicos, lançado em 2013 e vocacionado para permitir a participação de um número elevado de automóveis clássicos (até 1981).

 

Segundo André CPa filosofia do Group 1, fomentada pelo seu organizador Race Ready, nomeadamente pelo Diogo Ferrão, faz com que cada fim de semana de corridas se realize num ambiente de entusiastas e apaixonados, verdadeiros Gentleman Drivers, com um espectáculo garantido pela beleza dos automóveis participantes, pelo seu interesse histórico e pela própria competição em pista.

A classificação do troféu é por classes, estando o Jaguar XJS V12 inserido na Classe H81-Max, com os automóveis mais potentes do Troféu, tendo como principais concorrentes o Jaguar XJS 6cil, Porsche 924 Turbo, Porsche 928, Ford Capri 3.0 e Rover V8.

Objectivos

2019 será um ano de estreia e teste de todos os componentes do carro. O principal objectivo é que o Jaguar participe e termine todas as provas, pelo que o foco será na sua fiabilidade. Também ter o prazer de ver e conduzir este fantástico automóvel em pista, num ambiente de verdadeiros entusiastas e gentleman drivers e, como não podia deixar de ser quando se fala de competição automóvel, andar o mais à frente possível…

André CP remata queapesar de se tratar de um automóvel recuperado de raíz, com todos os riscos de ‘juventude’ do projecto, temos um objectivo ambicioso de terminar a época no Top3 da Classe e Top5 Geral, motivados pela qualidade do projecto, pelo carinho e cuidado com que foi realizado e pela potência do motor Jaguar V12 (300 cv).”

 

Scroll To Top