Quinta-feira , Dezembro 12 2019
ÚLTIMAS
Home / RALI / António Ramos / Ivo Tavares vencem 2º Rali de Torres Novas Histórico
António Ramos / Ivo Tavares vencem 2º Rali de Torres Novas Histórico

António Ramos / Ivo Tavares vencem 2º Rali de Torres Novas Histórico

António Ramos / Ivo Tavares vencem 2º Rali de Torres Novas Histórico (1ª prova do CPRH 2018), na estreia do Corolla GTi de 1988.

As expetativas relativas à participação no 2º Rali de Torres Novas Histórico estavam muito condicionadas pela estreia de um novo bólide, sem que tenha havido tempo para o testar!…

Chegados a Torres Novas no final da tarde de sexta-feira, procedemos de imediato à aferição dos aparelhos de navegação, e, logo aí, ficámos um pouco mais à vontade, quando verificámos que os mesmos estariam a trabalhar supostamente bem.

Fomos jantar com um grupo de bons amigos à Tasquinha Torrejana, e um desses Amigos vaticinou, que à imagem do Prof. Cavaco Silva, que saiu vitorioso do Congresso do PSD em 1985, tendo-se deslocado ao mesmo, segundo rezam as crónicas, para fazer a rodagem ao carro novo, algo de semelhante iria verificar-se connosco no dia seguinte!… Tínhamos algumas expetativas em relação a um bom resultado, mas muito condicionadas pelo desconhecido em relação ao Corolla GTi.

No sábado iniciámos a prova descontraídos, mas muito expectantes em relação à performance do trio!…

A meio da manhã verificámos que estávamos surpeendentemente em 1º lugar, apesar dos problemas de calibração, classificação validada no final da 1ª Secção à hora de almoço!…

Ao longo da 2ª Secção não largámos mais o 1º lugar até ao final do Rali, num terreno muito exigente e com condições climatérias muito adversas.

Vencemos o Rali com mérito, certamente, mas, nesta ocasião, o que falhou em tantas ocasiões, com muita sorte associada. Fizémos um pião no Kartódromo de Fátima e a PEC foi anulada. Tivemos um pequeno erro de navegação na PEC-17, com número de circo associado, e a segunda parte da mesma foi anulada em virtude de erros verificados na “tabela louca”.

Esta vitória no 2º Rali de Torres Novas Histórico não terá sido a primeira de um bólide japonês em RdR em Portugal, mas, parece-nos ter sido a primeira de um TOYOTA!…

Prova bem organizada pelo Automóvel Clube de Tomar num novo modelo, e com muita pressão associada, motivos exógenos que terão levado a que ocorressem algumas falhas, sem grande relevância. Parabéns ao ACT pela sua determinação em levar esta prova para estrada, apesar de alguns contrangimentos e dificuldades.

Quando ao Corolla GTi ficámos com a impressão de ser um automóvel competitivo para este tipo de provas!… Surpreendeu-nos a sua robustez, fiabilidade e prestações. Tendo sido bem preparado ao nível de suspensões e travões, e sujeito a uma grande revisão geral, o motor foi uma agradável surpresa, tratando-se um 16V. Muito rápido a subir de rotação e com uma enorme elasticidade. Em relação ao GOLF GTi o aspeto menos agradável para este tipo de provas é a direção menos direta, logo mais desmultiplicada, o que obrigará a algum treino e habituação.

Como é óbvio na estreia de um bólide tivémos alguns problemas de juventude no Corolla GTi, mas os mesmos nunca condicionaram a prestação da equipa.

Sendo que a equipa tem como ponto assente que só irá participar em 4 das 6 provas do Campeonato de Portugal de Regularidade Histórica, ainda que possa vir a participar em outras provas extra-campeonato, a próxma prova em que a mesma participará, será o Rali Queima das Fitas no 2º fim-de-semana de maio – 2ª prova do CPRH.

OBS: Vitória à Geral e na Classe H8

 

Scroll To Top
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com