Segunda-feira , Dezembro 17 2018
ÚLTIMAS
Home / RALI / ARC Sport com sortes e azares nos Açores
ARC Sport com sortes e azares nos Açores

ARC Sport com sortes e azares nos Açores

DEPOIS DE UM ABANDONO PRECOCE RICARDO MOURA TESTOU POTENCIALIDADES DO FORD FIESTA R5

 Os encantos da ilha de São Miguel e a competitividade dos troços do Sata Rallye Açores, pareciam ser o cenário ideal para o tricampeão nacional Ricardo Moura estrear o novo Ford Fiesta R5 perante o seu público.

Adruzilo Lopes, que nos Açores se fez acompanhar por Tiago Azevedo, entrou decidido na conquista de preciosos pontos para o Campeonato Nacional de Ralis.

unnamed (11)As sortes e azares, que acompanham sempre o desporto automóvel, marcaram mais uma estreia de Ricardo Moura. Depois do êxito do ano passado com o Skoda Fabia S2000, o piloto açoriano não teve o mesmo sucesso na edição deste ano. Logo na 4ª especial, depois de um toque numa pedra, um braço da suspensão do Fiesta ditava o abandono e estragava as contas para o nacional de ralis. Ao abrigo do “Rali 2”, Ricardo Moura e Sancho Eiró regressaram na última etapa e tiraram conclusões positivas em relação ao comportamento do novo carro.“Começámos mal, desistindo prematuramente, quando lutava pelo pódio. Regressámos no último dia, porque público, equipa, organizadores e patrocinadores mereciam ter a oportunidade de ver o Fiesta nos troços açorianos. Quando estava em aberto a luta pela vitória no rali, conseguimos vencer classificativas, e isso deixou-nos muito animados. Temos pouco conhecimento do carro, e as alterações feitas para a tarde não trouxeram os efeitos desejados. Acabou por ser um dia positivo para evoluir o Fiesta R5 e participar nesta grande festa do automobilismo açoriano”, disse Ricardo Moura.

 

EXCELENTE COLHEITA PARA ADRUZILO LOPES

Para esta prova do nacional de ralis, que contou apenas com os dois primeiros dias para distribuir pontos para o campeonato, unnamed (2)Adruzilo Lopes esteve imparável. Acompanhado por Tiago Azevedo, o piloto de Vizela deu cartas, chegando inclusivamente a comandar a prova em termos nacionais quase até final. Adruzilo Lopes só entregou o comando no penúltimo toco, terminando no 2º lugar absoluto do campeonato, voltando a vencer o Agrupamento de Produção. Um rali verdadeiramente magistral.“Depois de ter estado sólido na liderança, acabámos em 2º do campeonato. Foi muito importante ter cá vindo, pois conseguimos alcançar na totalidade os nossos objectivos. Mais uma vez o Subaru mostrou-se impecável, o que demonstrou um excelente trabalho da equipa ARC Sport. Para além de ter participado neste magnífico rali, a prova de terra que mais gosto, foi gratificante percorrer troços emblemáticos de São Miguel, com paisagens de sonho. Só posso estar satisfeito com esta presença e com o resultado alcançado”, afirmou Adruzilo Lopes.

 

Para a ARC Sport, esta prova só não foi totalmente conseguida, devido ao abandono de Ricardo Moura. Ficaram no entanto excelentes indicadores, em relação às potencialidades do Ford Fiesta R5 e uma brilhante colheita de pontos para Adruzilo Lopes.“Foi pena o azar do Ricardo logo no primeiro troço do segundo dia. No entanto, depois do regresso em Rali 2, conseguimos retirar boas conclusões em relação às potencialidades do Fiesta R5, um carro que lhe poderá vir a dar muitas alegrias. O Adruzilo fez uma prova impecável, provou a eficácia de piloto e máquina, conquistando importantes pontos para o campeonato, declarou Augusto Ramiro, responsável pela ARC Sport.

 

 

 

Scroll To Top