Terça-feira , Dezembro 7 2021
ÚLTIMAS
Home / TODO-O-TERRENO / Armindo Araújo brilha na Baja Portalegre 500
Armindo Araújo brilha na Baja Portalegre 500

Armindo Araújo brilha na Baja Portalegre 500

 

Team Can-Am Off Road Portugal com três pilotos no Top10

A estreia de Armindo Araújo na competição SSV da Baja Portalegre 500 a convite do Team Can-Am Off Road Portugal foi um sucesso e o atual campeão nacional de Ralis esteve até ao fim na luta pela vitória na mais conceituada prova nacional da modalidade e uma referência a nível mundial.

O Team Can-Am Off Road Portugal acompanhou esta excelente prestação de Armindo Araújo com três dos seus pilotos a classificarem-se no Top10 da classificação geral dos SSV desta que foi a sexta etapa do Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno Road to Dakar.

A prova alentejana organizada pelo Automóvel Clube de Portugal previa-se difícil, devido às condições climatéricas que prometiam chuvas intensas, mas com o tempo a ajudar os pilotos do Team Can-Am Off Road Portugal impuseram um brilhante andamento que lhes permitiu alcançar resultados muito positivos.

A dupla formada por Armindo Araújo e Beatriz Pinto conquistou a terceira posição tendo feito um percurso fantástico nesta que foi a sua corrida de estreia nos SSV. Logo no prólogo, de 3,5 km que se disputou na sexta-feira, Armindo Araújo registou o 2º melhor tempo e durante os setores seletivos seguintes manteve-se na luta pela vitória, mas uma pedra que danificou uma das bombas de travão acabou por não lhe permitir chegar ao triunfo.

A formação composta por Luís Cidade e Pedro Mendonça ficou em quinto numa prova que não foi isenta de dificuldades. O jovem piloto teve um problema técnico logo no segundo setor seletivo da prova que o colocou no 27º lugar. No entanto, o campeão júnior encetou uma excelente recuperação durante o dia de sábado conseguindo conquistar várias posições da tabela classificativa. Mas, mais uma vez deparou-se com contrariedades e o mau funcionamento do sistema Sentinel aliado à falta de respeito dos pilotos com menos ritmo que o impediram de lutar por uma posição mais de acordo com o andamento evidenciado.

Já Herlander Araújo acompanhado de Marco Nunes posicionaram-se no sétimo lugar tendo conseguido imprimir um bom ritmo durante toda a corrida demonstrando, desta forma, que é um piloto com muito potencial para alcançar os lugares da frente.

Nuno Sousa e Miguel Rebelo realizaram o 36º tempo.

Para Isabel Cidade responsável da equipa o objetivo para esta prova foi cumprido: “como todos sabemos a Baja de Portalegre é sempre uma prova difícil devido à sua extensão, aliada a condições climatéricas adversas ainda mais torna esta prova de uma exigência enorme. Mais uma vez conseguimos cumprir o objetivo traçado no início do ano que era trazer para a competição dos SSV pilotos campeões em outras modalidades, desta vez a presença foi do piloto de Rally Armindo Araújo que surpreendeu tudo e todos impondo um ritmo muito forte e rolando sempre nos lugares cimeiros. Conseguimos colocar 3 pilotos nos 10 primeiros lugares, mas não podemos deixar de referir que mais uma vez o sistema Sentinel esteve muito aquém do esperado o que no nosso caso prejudicou grandemente a dupla Luis Cidade/Pedro Mendonça. Aproveitamos mais uma vez para chamar atenção da FMP para esta situação e outras que se têm passado e que em nada favorecem um Campeonato em que a lista de inscritos ultrapassa os 90 participantes”, referiu.

O Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno Road to Dakar regressa nos próximos dias 13 e 14 de novembro altura em que se disputa a última jornada desta temporada de 2021 no Raid de Góis.

Mais informações sobre a Baja Portalegre 500 aqui

&nbsp

Scroll To Top
Posting....