Sábado , Março 23 2019
ÚLTIMAS
Home / MOTOS / Baja TT Idanha-A-Nova marca o regresso do TT
Baja TT Idanha-A-Nova marca o regresso do TT

Baja TT Idanha-A-Nova marca o regresso do TT

Após um longo interregno o campeonato nacional de Todo-o-Terreno regressa este fim-de-semana à actividade com a realização da Baja TT Idanha-a-Nova, prova que pontua não apenas para o campeonato interno mas igualmente para o Campeonato da Europa e Taça FIM de Bajas.

Com organização a cargo da Escuderia de Castelo Branco, a prova pontua pela primeira vez para a Taça FIM de Bajas e contará com dois dias de competição – a iniciar já amanhã – com a tarde de sexta-feira a ser reservada à realização do prólogo com cerca de 7 quilómetros de extensão, para no dia seguinte os pilotos percorreram dois sectores selectivos, o primeiro com pouco mais de 104 quilómetros e o segundo com quase 179 quilómetros de extensão.

António Maio poderia mesmo resolver o título na prova beirão, mas a fractura de uma clavícula quando treinava antes da prova deixa o piloto alentejano fora da luta pela primeira posição e assim Mário Patrão terá uma excelente oportunidade de novamente levar para Portalegre a decisão do campeonato.

Os 29 pontos de vantagem de António Maio poderão ficar reduzidos a apenas nove em caso de vitória do campeão em título, que procura ainda a primeira vitória do ano, com Maio a ficar igualmente à mercê dos adversários na classe TT2 que poderão aproveitar para recuperar face ao grande ausente desta quinta ronda do ano.

A Baja TT Idanha-A-Nova terá igualmente motivo de interesse nas lutas agendadas também para o segundo posto do campeonato, pois Mário Patrão tem apenas cinco pontos de vantagem sobre Ruben Faria, o actual líder da classe TT1, com este a deter três magros pontos sobre Fausto Mota, o comandante na classe maior do TT nacional, a categoria TT3. As diferenças são muitos reduzidas atrás de António Maio e na luta por um lugar de pódio no campeonato estão ainda Gustavo Gaudêncio, David Megre ou Hélder Rodrigues, já que apenas 10 pontos separam Faria na terceira posição da geral e Rodrigues, o sexto no campeonato. Em termos de classes Ruben Faria leva 13 pontos de vantagem sobre Gustavo Gaudência na TT1, António Maio tem 25 pontos sobre David Megre na TT2 e Fausto Mota tem seis pontos para Luís Teixeira na TT3.

Nos quads quem vai tentar segurar a liderança do campeonato é Tiago Gomes. Com apenas uma vitória em quatro provas o piloto da Torres Vedras chega a Idanha-A-Nova com quatro pontos de vantagem sobre António Moreira e ambos terão que ter especial atenção sobre Roberto Borrego, o piloto com mais vitórias este ano, que no entanto está em terceiro por força de dois abandonos. Borrego poderá estar longe da revalidação do título mas é sempre candidato a vencer.

Entre os UTV e Buggy é João Lopes quem trás dez pontos de vantagem para esta penúltima prova do ano, com o espanhol Teo Vinaras apostado em manter pressão sobre o luso neste duelo beirão.

Horários

11 de Setembro

14h30m – Partida Super Especial 1º concorrente Moto

12 de Setembro

7h30m – Partida para o 1º Sector Selectivo 1º concorrente Moto

12h30m – Partida para o 2º Sector Selectivo 1º concorrente Moto

18h45m – Entrega de prémios junto à Câmara Municipal de Idanha-A-Nova

Classificação campeonato

Moto

1º António Maio, 80 pontos; 2º Mário Patrão, 51; 3º Ruben Faria, 46; 4º Fausto Mota, 43; 5º Gustavo Gaudêncio, 38; 6º David Megre, 37; 7º Hélder Rodrigues, 36

Quad

1º Tiago Gomes, 67; 2º António Moreira, 63; 3º Beto Borrego, 40; 4º André Carita, 24; 5º Alexandre Silva, 22; 6º Ruben Alexandre, André Jesus e Bruno Ferreira, 17.

UTV/Buggy

1º João Lopes, 60; 2º Teo Viñaras, 50; 3º Dorothee Ferreira e Pedro Santinho Mendes, 42; 5º Miguel Jordão, 39; 6º Roberto Viñaras, 36; 7º Bruno Martins, 34.

 

Scroll To Top