Quinta-feira , Maio 23 2019
ÚLTIMAS
Home / RALI / Breen continua lider em dia dificil para Bruno Magalhães (por Ricardo Nascimento)
Breen continua lider em dia dificil para Bruno Magalhães (por Ricardo Nascimento)

Breen continua lider em dia dificil para Bruno Magalhães (por Ricardo Nascimento)

Os pisos do Rallye du Valais continuaram húmidos e sujos onde o sol não chegava, o que tornou sempre difícil a escolha de pneus e provocou estragos em alguns pilotos em que alguns se atrasaram e outros foram mesmo obrigados a abandonar.

Craig Breen só não venceu duas especiais no segundo dia porque foi obrigado a parar um pouco, devido a um carro acidentado na sétima e a última do dia que foi para Lukyanuk. O irlandês foi o mais rápido nas restantes especiais e dilatou a vantagem para o segundo classificado, num rally em que confessou que é óptimo competir sem qualquer pressão.

Os problemas nos intercomunicadores continuaram hoje para Olivier Burri, mas o piloto suíço acabou por encontrar o problema, ao desligar as câmaras onboard do Eurosport. O veterano piloto conseguiu manter a segunda posição, mas já se encontra a quase 1 minuto de Breen.

Alexey Lukyanuk venceu o último troço do dia e apesar de ter feito um pião na oitava especial, o russo manteve a terceira posição a 13,8s de Olivier Burri, num rally em que está a aproveitar para testar algumas soluções de pneus.

François Delecour deu um toque numa parede ao passar numa zona escorregadia dentro de uma localidade. O carro ficou um pouco danificado e desalinhado a nível de suspensão, mas o francês nunca baixou os braços, fez alguns tempos interessante e conseguiu manter a quarta posição.

Florion Gonon beneficiou de alguns problemas com outros pilotos e juntando o profundo conhecimento do terreno, permitiu-lhe subir à quinta posição, para terminar o dia a 17 segundos de Delecour.

Emil Bergkvist está cada vez mais adaptado ao Peugeot e aproveitou para arriscar mais um pouco nos troços esta tarde. O jovem sueco está em luta direta com Florion Gonon, tendo terminado o dia a 5,7s do piloto local.

Por outro lado, Pascal Perroud também está próximo de Gonon e de Bergkvist, num dia em que rodou praticamente ao mesmo ritmo dos dois. O suíço terminou o dia a 8,7s do jovem sueco e será uma luta interessante de seguir no último dia.

Sébastien Carron voltou a perder mais algum tempo hoje, mas conseguiu recuperar algumas posições, ao ter beneficiado de problemas com outros pilotos que seguiam à sua frente.

Apesar da inexperiência com o novo Fabia R5 e de ter apenas 18 anos, Nikolay Gryazin recuperou hoje várias posições, terminando o dia na nona posição.

Jonathan Hirschi bateu numa ponte no final da manhã, partiu uma jante, perdeu cerca de 2 minutos e caiu para a décima posição, numa altura em que tinha subido para sexto.

Bruno Magalhães também bateu no mesmo sítio, mas o português acabou por sofrer mais danos, perder mais de 5 minutos nessa especial e depois mais 1 minuto na seguinte com problemas nos travões.

Miroslav Jakeš foi outro piloto que foi apanhado no piso escorregadio na mesma ponte, mas o piloto checo teve menos sorte do que Hirschi e Magalhães, ao ficar parado e terminar o rally mais cedo.

Dávid Botka está a dominar o ERC2, tendo já 1 minuto de vantagem para Vojtěch Štajf e se tudo correr bem e manter a mesma posição, o húngaro vai conseguir o título ERC2.

VENCEDORES DE TROÇOS:
Craig Breen (8); Florion Gonon (1)
LÍDERES DO RALLY:
Craig Breen (SS1 a 9)
dia 2

 

Scroll To Top