Sábado , Novembro 27 2021
ÚLTIMAS
Home / RALLYCROSS / Campeões do RX Portugal by Diatosta definidos em Castelo Branco
Campeões do RX Portugal by Diatosta definidos em Castelo Branco

Campeões do RX Portugal by Diatosta definidos em Castelo Branco

 
 

A prova organizada pela Escuderia Castelo Branco, a última da época, deu a conhecer os quatro Campeões de 2021 que estavam por decidir.

Foi com céu muito nublado e chuva durante a manhã, algumas abertas e laivos de sol durante a tarde e com pista a revelar condições muito exigentes que o Campeonato de Portugal de Ralicross by Diatosta chegou ao fim este domingo no Circuito de Castelo Branco. Uma jornada onde os títulos dos Iniciados, 2 Rodas Motrizes, Kartcross e Troféu Júnior de Kartcross foram decididos após lutas muito animadas.

Na categoria rainha, a Super Car, com o título já nas mãos de José Lameiro, os olhos estavam postos na confirmação da segunda posição no Campeonato, algo que Joaquim Santos, mesmo com mais um azar na final, logrou garantir após um ano duro. Já no que toca à vitória, fecho de época com chave de ouro para o bi-Campeão José Lameiro. Já Bruno Gonçalves, que dominou as Qualificações, acabou por desistir cedo na Final.

 
 
 
 
 
 
 
 

Já no que toca à Super 1600, e como não podia deixar de ser, as emoções e disputas em pista foram mais que muitas, ainda para mais com a luta pela segunda posição em jogo. Uma tarefa para a qual Jorge Machado, Mário Barbosa, Joaquim Machado e André Sousa não tiveram de contar com a oposição do já Campeão de 2021 João Ribeiro, já que este passou o volante ao pai nesta que foi a última corrida do ano.

 
 
 
 
 
 
 

Preocupados apenas com as prestações de cada um, os pilotos nem chegaram a terminar nos três primeiros nas Qualificações, algo que, contudo, não foi o bastante para Sousa que não logrou chegar às finais, fazendo com que o embate pelo vice fosse feito campeonato fosse travado a três. Um particular onde Jorge Machado levou a melhor sobre os rivais. Em vantagem à partida para a prova, o piloto do Citroën C2 foi terceiro na corrida, o bastante para garantir o segundo posto no Campeonato, isto apesar da vitória de Mário Barbosa na Final e do intermédio no pódio para João Novo.

 
 
 

Entretanto, na Nacional 1.6, que também já tinha o título atribuído a favor de André Ferreira desde a última visita a Lousada, os olhos estavam na luta pelo vice-Campeonato. Uma luta onde Leandro Macedo levava vantagem e a verdade é que não esteve com meias medidas e, depois de ter garantido a segunda posição nas corridas de Qualificação, levou de vencida a Final para fechar o ano em grande. Atrás dele na prova terminaram o Campeão de 2021, em segundo, e Pedro Rocha, em terceiro.

 
 
 
 
 
 
 
 

Enquanto isso, nas 2 Rodas Motrizes, mesmo depois de um fim-de-semana difícil, com um acidente logo na primeira corrida quase a colocar tudo em causa, Adão Pinto foi quem mais motivos teve para sorrir neste domingo ao garantir o título na categoria. A Campeã de 2020, Andreia Sousa, ainda alimentou as esperanças até ao final, batendo sempre o seu rival, mas não encontrou os argumentos suficientes para revalidar a coroa. Já no que toca à corrida em si, vitória de Fernando Silva com o Ibiza TDI, com a piloto do Peugeot 306 a terminar em segundo e o novo Campeão de 2021, Adão Pinto, a fechar o pódio.

 
 
 
 
 
 
 
 

Já nos Iniciados, pleno de Gonçalo Novo que não fez por menos e à pontuação máxima nas Qualificações e Final juntou ainda o ponto extra da melhor volta. Atrás de Novo, em segundo, ficou Guilherme Nunes, com Gonçalo Rocha a fechar o pódio numa categoria onde Rafael Rego era já o campeão nacional.

 
 
 
 
 
 
 
 

Muito disputada foi a corrida do Campeonato de Portugal de Kartcross by Diatosta, não estivesse o título ainda por atribuir também. Líder da classificação à chega a Castelo Branco, Jorge Gonzaga, mesmo sem garantir a pontuação máxima, somou os pontos suficientes para garantir o título depois de ter sido segundo nas Qualificações e na Final. Alexandre Borges ainda levou a luta até ao cair do pano, vencendo as Qualificações, mas acabou por ter de se contentar com o quarto posto na Final, uma corrida onde a vitória foi para Pedro Rosário e o mais do pódio ficou a cargo de Rui Nunes.

 
 
 
 
 
 
 
 

Também reservado aos mais jovens, o Troféu Júnior de Kartcross, viu igualmente o ser decidido em Castelo Branco, com a glória a ir para Hugo Bueno que, apesar de um contratempo inicial ainda no sábado, recuperou para terminar a Final em segundo, atrás de Rafael Rêgo – o campeão dos Iniciados fez uma primeira experiência nos “rodas descobertas” – com Miguel Gayoso a fechar o pódio.

 
 
 

&nbsp

Scroll To Top
Posting....