Quarta-feira , Junho 3 2020
ÚLTIMAS
Home / RALI / Carlos Vieira aposta no DS3 R5 para 2016
Carlos Vieira aposta no DS3 R5 para 2016

Carlos Vieira aposta no DS3 R5 para 2016

Carlos Vieira vai prosseguir a sua carreira nos ralis ao volante de um Citroën DS3 R5, tornando-se o terceiro piloto da equipa Sports&You a confirmar um projeto com o carro francês, à semelhança do campeão José Pedro Fontes e de Carlos Martins.

O piloto de Braga, que em 2015 trocou a Velocidade pelos Ralis e que deu excelentes indicações na fase final da época, vai continuar com o experiente Luís Ramalho como navegador. “Quero continuar a aprendizagem nos ralis, uma realidade que desconhecia por completo até este ano. Nunca tinha sequer assistido a uma prova!”, revelou Carlos Vieira. “Tenho tudo para aprender e é isso que quero fazer. Estou inserido numa grande equipa que ao longo deste ano já me permitiu evoluir bastante. Sei que tenho condições para fazer um bom trabalho e sei que terei um carro muito competitivo. A ideia é fazer o melhor possível mas sabendo que me falta experiência. Vamos fazer todo o Campeonato Nacional de Ralis e nesta fase não está previsto disputar ralis no estrangeiro, apesar de não colocar de parte essa possibilidade”, concluiu o piloto que chegou a liderar o último Rali Casinos do Algarve e que venceu o Rali de Viana do Castelo, pontuável para o Campeonato FPAK Norte.

Início tardio

Nascido em 1983, Carlos Vieira só iniciou a sua carreira em 2010, na Copa Peugeot 207 THP espanhola, concluindo o troféu no 5º lugar entre os 22 concorrentes. Nesta competição de velocidade Carlos Vieira registou uma vitória, três presenças no pódio e quatro voltas mais rápidas.

No ano seguinte manteve-se em Espanha, alcançando o 2º lugar da categoria GT Light no Campeonato de Espanha IBER GT, fazendo dupla com o francês Joffrey Didier. Obteve quatro pole-positions, seis pódios e quatro vitórias. Uma temporada que o levou, em 2012 a conquistar o seu primeiro título de Campeão Nacional de GT, a meias com César Campaniço, vencendo, também, o Iberian Supercars Trophy. Subiu ao pódio em todas as seis jornadas duplas, garantindo quatro vitórias. Venceu também a Taça de Portugal de GT, com um 1º lugar em ambas as corridas do programa. No ano seguinte Carlos Vieira manteve-se no Campeonato de Portugal de Circuitos, vencendo todas as corridas e só um problema administrativo o impediu de ser campeão. No ano de 2014 estreou-se nos Sport-Protótipos, fazendo equipa com Pedro Salvador, sendo vice-campeão nacional. Alcançou o 1º lugar na Rampa da Falperra, na Rampa da Covilhã e ainda no Circuito de Vila Real.

Seguiu-se um ano de viragem na carreira, com a estreia nos ralis em 2015, num projeto arrojado com o Porsche 997 GT3 Cup da categoria RG-T. Apesar da mudança de ambiente ficou, desde logo, demonstrada a grande rapidez trazida da velocidade, aqui já com Luís Ramalho a seu lado. A vitória na categoria no Rali Vidreiro/Centro de Portugal (5º lugar absoluto), onde registou o melhor tempo absoluto em alguns dos troços de asfalto, somado aos outros resultados do ano, valeram-lhe o vice-campeonato na categoria.

Já no final do presente ano, Carlos Vieira teve uma dupla estreia, em pisos de terra e numa viatura da categoria R5 (Ford Fiesta R5). Protagonista dos dois últimos ralis do Nacional – Mortágua e Casinos do Algarve – alcançou dois quartos lugares, registando o melhor tempo em algumas especiais, naquela que foi a sua estreia com um carro de tração às quatro rodas. O futuro, agora, é com um Citroën DS3 R5. Até onde poderá ir Carlos Vieira?

Ler mais: http://autosport.pt/carlos-vieira-confirma-ds3-r5-para-o-cnr=f141969#ixzz3v59EqMdC

 

Fonte: Autosport

 

Scroll To Top