Quinta-feira , Junho 20 2019
ÚLTIMAS
Home / RALI / Carlos Vieira com aspirações no Campeonato Nacional de Ralis 2016
Carlos Vieira com aspirações no Campeonato Nacional de Ralis 2016

Carlos Vieira com aspirações no Campeonato Nacional de Ralis 2016

 

Carlos Vieira prepara-se para enfrentar o seu primeiro Campeonato Nacional de Ralis por inteiro nesta temporada de 2016, aos comandos do novíssimo Citroën DS3 R5, viatura que foi adquirida recentemente e que proporciona todas as condições para lutar pelas principais posições.

Com poucas provas de estrada no seu currículo desportivo, mas com enormes sucessos na velocidade com títulos nacionais, o piloto de Braga, vai entrar agora numa outra faceta da sua carreira desportiva.
De fato, não ficou indiferente a ninguém as suas aparições em 2015, quer aos comandos de um Porsche 997, quer a bordo de um Ford Fiesta R5, pois Carlos Vieira impressionou, vencendo troços e estando no comando de provas, como sucedeu recentemente no Rali Casinos do Algarve, para além de vencer o Rali de Viana do Castelo, do Campeonato Regional Norte.

O piloto da capital do Minho não esconde a sua ambição, mas quer avançar com cautelas, pois sabe que a temporada é longa e precisa de adaptação, quer às provas que vai enfrentar e que desconhece, quer ao novo carro. Também outra alteração será a do navegador, deixando de ser Luís Ramalho, passando agora a contar com Jorge Carvalho a seu lado: “Os objetivos nesta fase, não são mais do que adquirir o máximo de experiência possível. Neste momento a minha experiência continua limitada pois qualquer situação diferente é sempre nova para mim, até uma mudança no tipo de piso durante o rali. É claro que num dos testes que fiz andei num piso muito semelhante ao que vou encontrar, como noutro teste, experimentei andar na gravilha. Acho que por aí, já sei o que esperar desta prova, mas qualquer situação extra será sempre uma novidade. Como por exemplo, se os pisos estiverem húmidos, ou pior, se estiver a chover, a minha experiência é nula”, explica Carlos Vieira, que fala também do que anseia em termos de classificação: “Primeiro tentar acabar. Caso esteja seco, seria muito bom para mim, porque é aí que tenho mais experiência e gostava de saber onde podemos estar no final de cada troço, e principalmente onde me posiciono no final da segunda e terceira passagem. Se a previsão de chuva se confirmar, pois, parece que sim, será novo e nada bom para mim neste primeiro rali, mas para tudo há uma primeira vez, e se assim for, no final logo se vê onde acabamos”, salienta.

O piloto de Braga está consciente das suas capacidades, mas neste início de temporada reconhece que, perante o lote de pilotos e carros presentes, que representam uma concorrência muito forte: “É sempre complicado andar no topo quando tudo é novo. É claro que o meu desconhecimento face aos concorrentes é uma desvantagem grande, tanto a nível de especiais, como de carro, tal como o rigor nas notas de andamento. Sei que, como é lógico, evoluí muito, mas ainda tenho um caminho a percorrer”, admite.

Carlos Vieira já efetuou alguns testes aos comandos do DS 3 R5, tendo já um conhecimento do carro, ainda que superficial: “Fiz dois testes de mais ou menos 100 quilómetros cada um, como mencionei antes, e assim o carro não é completamente novo para mim. Toda a adaptação tem um tempo como é claro. Não vou dizer que quando tiver 1000 quilómetros, ou mais, neste tipo de carros, não vou estar mais à vontade, mas as coisas são como são, e por isso estou contente com a minha adaptação”,
Por tudo isto, o piloto não esconde as suas intenções em termos de época são: “Aprender, mostrar que vou válido!”, concluiu.

O Rali Serras de Fafe começa na sexta-feira, 4 de Março, com dupla passagem pela especial do Confurco (10,88 km – 18h33 e 21h00). No dia seguinte, os concorrentes têm à sua espera mas oito classificativas. Assim, na primeira secção cumprirão Luilhas (14,04 km – 09h46), Montim (8,52 km – 10h45), Lameirinha (14,84 km – 11h12) e de novo Luilhas (11h44). De tarde começam com Montim (13h58), prosseguindo com Lameirinha (14h25), Luilhas (14h57) e Montim (15h56). O pódio está agendado para as 16h45 em Fafe.

 

Scroll To Top